Início Notícias Local Quartel de Bombeiros da Horta terminado em janeiro

Quartel de Bombeiros da Horta terminado em janeiro

0
16
DR

O Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, visitou hoje, no Faial, a obra de construção do novo quartel dos Bombeiros Voluntários da Horta, no parque empresarial.

Com um orçamento de três milhões de euros, a obra decorre em bom ritmo e deverá estar concluída em janeiro do próximo ano.

“É um exemplo de obra que se estima estará terminada antes do prazo de conclusão e também com um valor que possivelmente será inferior ao valor inicial estimado”, disse Clélio Meneses na ocasião.

Depois de pronto, o novo quartel vai permitir a mudança da centenária Associação de Bombeiros da Horta (fundada em 1912), do coração da cidade para o Parque Empresarial e Tecnológico da Ilha do Faial, já no início de 2022.

O Secretário Regional da Saúde e Desporto congratulou-se com o bom ritmo da empreitada de construção e revelou que “dos cerca de três milhões do custo da obra, este governo já pagou mais de 1 milhão e 800 mil euros, o que quer dizer que há um esforço financeiro no sentido de manter os pagamentos a tempo ao empreiteiro, para também desta forma, com pagamentos atempados” haver um contributo positivo “para o procedimento normal da obra”.

“Este esforço financeiro irá desenrolar-se e enquadra-se no esforço financeiro do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores e do Governo Regional, relativamente às associações de bombeiros”, frisou o governante.

Por outro lado, Clélio Meneses anunciou que as Associações de Bombeiros dos Açores começaram hoje a receber as verbas de compensação correspondentes às quebras na sequência da covid-19.

“Era uma reivindicação que decorre também de uma deliberação do Parlamento dos Açores e só há cerca de um mês é que recebemos todos os documentos de todas as associações de bombeiros, comprovativos das quebras que tiveram nesse período e em passo muito rápido, conforme nos comprometemos, já estamos a pagar. As associações de bombeiros que cumprem estes critérios já estão a receber estes valores que no global ascendem a 450 mil euros”, sublinhou.

SEM COMENTÁRIOS

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO