BTL 2013: Governo Regional lança campanha de promoção destinada às famílias

0
12

A Campanha Azorlândia é a nova aposta do Governo Regional para atrair as famílias portuguesas aos Açores, numa nova estratégia de promoção do destino para o mercado nacional. Nesta campanha as crianças não pagam passagens aéreas nem alojamento.

O turismo nos últimos anos tem-se assumido como um dos pilares estratégicos de desenvolvimento económico da Região. O número de turistas continentais a procurar os Açores aumentou significativamente nos últimos tempos e a Região tornou-se o destino de eleição dos portugueses para passar as suas férias. O mercado de turismo nacional tornou-se muito importante para o arquipélago, uma vez que representa 43% do fluxo turístico para a Região.

No entanto, a crise económica do país associada às medidas de austeridade provocaram grandes cortes nos orçamentos das famílias portuguesas e as férias passaram para segundo plano. Esta situação obrigou o Governo Regional a repensar formas de promover os Açores no mercado nacional.

Vítor Fraga, secretário regional do Turismo e Transportes, considera o turismo como “um dos vetores principais do desenvolvimento da Região”, por isso aproveitou a Bolsa de Turismo de Lisboa para lançar “a nova estratégia de promoção do destino Açores para o mercado nacional”.

Na apresentação do Destino Açores, que decorreu ao início da tarde de ontem, no auditório do pavilhão dos Açores na BTL, o governante anunciou a intenção do Governo Regional, em conjunto com os operadores, de dar continuidade à campanha iniciada no ano passado, no mercado nacional, destinada às famílias.

No seu entender, é fundamental tornar o destino Açores “acessível a outros nichos de mercado nacional”, que ainda têm poder de compra para visitar o arquipélago. Para o governante, o turismo açoriano esta assente na natureza. Neste sentido, quer um turismo que, para além da natureza, aposte também “num produto turístico que assente nas experiências e nas emoções porque só assim temos a certeza de que vamos vingar e que os Açores serão um destino de sucesso no panorama nacional”.

De acordo com Fraga, “visitar os Açores possibilita às famílias portuguesas retomar a alegria de viver e fugirem de um clima depressivo que o país atravessa”.

O programa anunciado pelo secretário regional permite “a todos os operadores condições para que tenham na sua oferta um produto muito mais integrado, que vá para além da viagem”, tendo em conta que nos hotéis dos Açores aderentes a esta campanha haverá equipamentos de entretenimento in doordestinado às crianças.

Novas campanhas destinadas ao mercado interno

À margem da apresentação dos destino Açores, e instado a pronunciar-se sobre o programa “Fly & Cruise” lançado pela SATA em parceria com a Atlanticoline e a Transmaçor e o facto do mesmo não ser extensivo aos açorianos, Vítor Fraga explicou que o Governo está a preparar outras campanhas mais viradas para o mercado interno: “o turismo interno terá uma particular atenção por parte dos operadores e certamente surgirão produtos no mercado, fortemente competitivos, que irão promover a circulação interna de todo os açorianos”, afirmou.  

Fraga explicou ainda que este pacote destina-se a permitir a mobilidade de quem nos visita. “Esta era uma medida prevista no Programo do Governo dos Açores, que foi apresentado na Assembleia Legislativa Regional”, acrescentou.

O governante disse ainda que “os açorianos podem movimentar-se, quer de avião, quer de barco, de forma relativamente integrada com toda a comodidade de acordo com as condições que o Governo dos Açores tem vindo a proporcionar ao longo dos tempos”.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO