CÂMARA DE LAGOA APELA À NÃO UTILIZAÇÃO DE SACOS DE PLÁSTICO

0
25
DR

A Câmara Municipal de Lagoa, através do CEFAL – Centro de Educação e Formação Ambiental de Lagoa, assinalou, ontem, dia 3 de julho, o Dia Internacional Sem Sacos de Plástico, com uma ação de sensibilização nas zonas balneares galardoadas do concelho de Lagoa. Os veraneantes
e banhistas, que estiveram na zona balnear da Caloura e no Complexo Municipal de Piscinas, receberam simbolicamente um saco de pano, numa alternativa ao uso dos sacos de plástico.

Esta iniciativa teve como objetivo sensibilizar os munícipes lagoenses e a população em geral, para as implicações do uso de sacos de plástico, nomeadamente ao nível das suas implicações para a poluição dos ecossistemas e da sustentabilidade dos recursos. O objetivo desta data,
celebrada anualmente a 3 de julho, é de chamar a atenção para a redução do consumo excessivo de sacos de plástico, minimizando o seu impacto no ambiente, e consciencializando a comunidade para as alternativas existentes.

De referir que, de acordo com um estudo da PlasticsEurope, só em 2014, a Europa produziu 20% do plástico mundial, equivalente a 59 milhões de toneladas, das quais 39,8% se destinam a embalagens, nas suas mais diversas formas, incluindo sacos de plástico, tendo sido produzidos
25,8 milhões de toneladas de resíduos de plástico, dos quais 30,8% foram depositadas em aterro.

Estima-se que, todos os anos, os europeus utilizem mais de 100 mil milhões de sacos de plástico.

O saco de pano oferecido pela edilidade refere e alerta para a realidade de que “milhares de animais marinhos morrem, anualmente, por asfixia e ingestão de sacos de plástico”, apelando para que a população “Diga NÃO aos sacos de plástico”.  De salientar que, esta atividade se encontra inserida no programa Bandeira Azul de 2019, cujo tema é “Do Rio ao Mar sem Lixo”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO