CÂMARA DE LAGOA DISPONIBILIZA MUPIS INTERATIVOS EM ZONAS DE ATRAÇÃO TURÍSTICA

0
12
DR

A Câmara Municipal de Lagoa tem agora à disposição MUPIs interativos (mobiliário urbano para informação) com conteúdos multimédia, no âmbito do projeto Portugal Wi-fi e com o apoio do Turismo de Portugal. Estes dispositivos permitem ter acesso a informação sobre o concelho e à
sua oferta turística, quer ao nível dos recursos naturais e culturais, quer ao nível da oferta comercial e atividades turísticas, bem como a estruturação das suas visitas, a fruição dos recursos e a partilha das suas experiências.

Os dois locais onde estão instalados os MUPIs digitais são o Porto da Caloura, na vila de Água de Pau, e na Praça de Nossa Senhora do Rosário, na cidade de Lagoa. Para além disso, existe, também, nestes locais rede wi-fi gratuita e acessível através de qualquer dispositivo móvel.

Este é um investimento municipal que se enquadra numa candidatura da Câmara Municipal de Lagoa ao Programa Valorizar, no âmbito da «Linha de Apoio a Projetos Wi-fi em Centros Históricos» e do projeto “Lagoa Smart City – Disponibilização de Redes Wi-fi”, e que resulta da aposta do executivo camarário no desenvolvimento tecnológico e inovador, aliado às áreas de desenvolvimento de territórios como é, de facto, a área do turismo, promovendo uma melhor acessibilidade à informação e reforçando a atratividade dos espaços públicos e de maior afluência turística.

Refira-se que o projeto Portugal Wi-fi visa dotar os centros históricos das localidades portuguesas e as zonas de maior afluxo turístico de redes wi-fi gratuitas e acesso a conteúdos informativos que maximizem a experiência do destino. Para além do objetivo turístico, este projeto visa também contribuir para o desenvolvimento de smart cities e de formas mais sustentáveis de gestão das cidades e dos seus recursos, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e para o desenvolvimento económico. De acordo com a edilidade lagoense, esta estratégia “assenta num conjunto de ações, entre as quais se inclui a disponibilização gratuita de rede wi-fi, assim como de conteúdos multimédia que permitam a quem nos visita o acesso a informação sobre o município e a sua oferta turística, quer ao nível os recursos naturais e culturais, quer ao nível da oferta comercial e atividades turísticas, podendo ainda estruturar a sua visita e partilhar das suas
experiências”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO