CÂMARA DE SÃO ROQUE APOIA ALUNOS COM BOLSAS DE ESTUDO DO ENSINO SUPERIOR E POLITÉCNICO

0
13

A Câmara Municipal de São Roque do Pico está a apoiar no presente ano letivo 14 alunos residentes no concelho que frequentam o ensino superior ou politécnico e que se candidataram à Bolsa de Estudo Municipal.
Com um valor mensal de 100 euros por aluno, o apoio do Município de São Roque do Pico atinge ao longo do ano letivo um total de 14 mil euros.
O Presidente da Câmara de São Roque do Pico realça a importância desta ajuda para aumentar os níveis de escolaridade dos jovens e potenciar o desenvolvimento concelhio, afirmando que a educação é um dos “vetores estratégicos de desenvolvimento que terá um retorno positivo para o nosso concelho”.

“Além de estimular a frequência em cursos superiores, a Bolsa de Estudo representa um investimento no futuro dos nossos jovens, contribuindo para dotar o concelho de quadros técnicos superiores qualificados e para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural”, assume Mark Silveira, apelando aos jovens para que “regressem ao concelho e contribuam com os conhecimentos adquiridos para o seu desenvolvimento”.

O programa de comparticipação nos encargos dos estudantes carenciados do ensino superior ou politécnico implementado pela Câmara de São Roque do Pico pretende, assim, contribuir para a construção individual de cada um e constitui uma importante ajuda às famílias mais necessitadas que se debatem com maiores dificuldades para dar formação superior aos filhos.

Podem beneficiar destes apoios os residentes no concelho há pelo menos três anos, com idade inferior a 25 anos e que não sejam detentores de licenciatura, bacharelato ou curso equivalente. Além disso, os candidatos devem ter ingressado ou obtido aproveitamento escolar no ensino superior no ano letivo anterior ao que requereram a Bolsa, desde que não usufruam de um rendimento mensal per capita superior ao salário mínimo regional.

Os interessados em concorrer à renovação ou a uma Bolsa de Estudo podem formalizar a sua candidatura entre 1 e 15 de setembro no Gabinete de Ação Social do Município.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO