Carnaval!

0
20
DR/TI
DR/TI

O Carnaval, festa pagã por excelência, é a nossa forma de renunciar à banalidade do quotidiano e à mesquinhez da nossa vidinha… E, por isso mesmo, há na festa carnavalesca uma dimensão catártica que, nos tempos que correm, se prende com o drama das nossas frustrações históricas, as inquietações do nosso presente e a angústia do nosso futuro incerto.
É tempo de exorcizar a memória. Por isso no Carnaval não nos mascaramos, bem pelo contrário: desmascaramo-nos, tira-mos a máscara, deixamo-la cair.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO