CDS PP diz que programa do Governo não tem rumo nem estratégia

0
13

O Deputado do CDS-PP Açores Nuno Melo Alves denunciou, esta terça-feira, “as incongruências, a falta de rumo e de estratégia” que, no entender dos populares, o programa de governo “denota” e que, “infelizmente, significa dificuldades acrescidas para as açorianas e os açorianos”. 

Melo Alves apontou que “os Governos Regionais têm sido habilidosos a enjeitar as suas responsabilidades na questão do desemprego culpando outros, sempre outros, como aliás, tentam fazer com tudo o que corre mal”, salientando, porém, que o que “falhou” foi “a sustentabilidade da economia regional; as políticas que deveriam dar sustentabilidade à economia regional; a coesão regional”.

“Ao contrário do que está expresso no Capítulo dedicado ao Enquadramento Económico e Financeiro, o caminho seguido não conseguiu criar condições estruturais para o reforço da actividade da Região nem tão pouco para a consolidação de um clima de confiança junto dos investidores e dos principais agentes económicos”, disse. 

Segundoe deputado “o crescimento económico registado nas últimas décadas não foi fruto de políticas e rumos desenvolvimentistas, nem resultado de alterações estruturais conducentes ao desenvolvimento sustentado”. 

Nuno Melo Alves que focou na sua intervenção as áreas de tutela da Vice-presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial, acusou os socialistas de “insensibilidade” perante factores como desertificação, desemprego e demais dificuldades económicas.

 

 

 

 

 

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO