Centenário da Primeira Travessia Aérea do Atlântico – Parte XIV

0
30
TI

A VIAGEM DO NC-4 ATRAVÉS DO ATLÂNTICO – O triunfo
No dia 27 de Maio de 1919, pelas 20h00 locais, terminava a primeira travessia aérea do Atlântico, com a amaragem do NC-4 no rio Tejo, em frente ao Terreiro do Paço. Passaram-se, entretanto, já 100 anos sobre o acontecimento.

Tripulação do NC-4 agraciada com a NC-4 Medal
Como já tinha acontecido nos Açores, os membros da tripulação do NC-4 foram recebidos em delírio pelos habitantes da capital o que, de alguma maneira, os chocou pois eram pessoas simples que apenas tinham cumprido uma missão que lhes tinha sido atribuída pela US Navy. As festividades foram organizadas pelo Aero Clube de Portugal, na sua qualidade de delegado da Federação Aeronáutica Internacio-nal (FAI).
O ministro da Marinha, Dr. Vítor José de Deus Macedo Pinto, em nome do Governo da República, condecorou Albert C. Read com a Grã-Cruz da Ordem da Torre e Espada, Valor, Lealdade e Mérito, colar que Read usou ao longo da sua vida militar, sempre que utilizava o uniforme de gala.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO