Coligação Acreditar no Faial pretende criar rede de águas balneares

0
32
DR/PSD

A Coligação Acreditar no Faial realizou no passado sábado mais uma acção de campanha no Porto de Pedro Miguel, com o tradicional porco no espeto, que contou com a presença do candidato à presidência do Município Carlos Ferreira, à Junta de freguesia de Pedro Miguel José da Terra Carlos e Teresa Faria Ribeiro, candidata à presidência da Assembleia Municipal da Horta.

A Coligação Acreditar no Faial realizou no passado sábado mais uma acção de campanha no Porto de Pedro Miguel, com o tradicional porco no espeto, que contou com a presença do candidato à presidência do Município Carlos Ferreira e de mais de duas centenas de apoiantes da Coligação.
Nos discursos da praxe, usou da palavra Carlos Ferreira para destacar as qualidades do candidato à Junta de Freguesia José da Terra Carlos, considerando-o como um “homem moderno, experiente, que conhece a sua freguesia como a palma das suas mãos e tem a energia de um jovem de 18 anos e que é para todos um exemplo”.
Para o candidato, o porta a porta na freguesia serviu para se aperceber do “estado miserável em que se encontram os caminhos da freguesia”, alertando que “o Faial tem a pior rede viária dos Açores, e que Pedro Miguel é o exemplo do muito que há a fazer nas nossas estradas, nos nossos caminhos”.
Continuando, Ferreira apontou as redes balneares como mais uma falha do Município, lançando, ao mesmo tempo, uma das suas promessas eleitorais que é “ a criação de uma rede de áreas balneares”, “qualificando as existentes e identificando novas zonas balneares de forma a criar uma verdadeira rede em que, quer quem viva na nossa ilha, quer quem nos visita, pode encontrar em cada freguesia uma área qualificada e com condições adequadas para tomar banho e apanhar sol”.
Por seu turno, o Presidente da Comissão Política de ilha do PSD, Estevão Gomes, agradeceu a todos o facto de “terem a ousadia de pertencerem a este projeto, de aceitarem pertencer a estas listas num momento em que a democracia no Faial está doente, em que a pressão do PS é enorme e que é preciso coragem para pertencer às listas da Coligação PSD/CDS-PP”.
Estevão Gomes, candidato a vice presidente do Município, salientou ainda “a envolvência que esta Coligação está a criar, a onda que se está a formar” e que “as listas de candidatos apresentadas são as melhores listas alguma vez apresentadas e é fruto do trabalho e do conhecer que o Faial tem sido esquecido”.
Tomando da palavra Rui Martins, do CDS-PP e n.º 2 da lista candidata à Assembleia Municipal, alertou para “a necessidade de ir votar, de mudar este bafio que já se encontra na Câmara Municipal há muito tempo”.
Para Rui Martins, “há socialistas que se envergonham de antigos presidentes de Câmara que tiveram” e que dizem “que há presidentes que não deviam ter lá estado”.
Por último, chamou a atenção para o facto de “José Leonardo já ter sido praticamente presidente da Câmara nos últimos dois anos de mandato de João Castro e agora não quer ter nada a ver com isso”.
Por último, o candidato à Junta de Freguesia de Pedro Miguel, José da Terra Carlos, destacou o facto de sempre se ter “feito festas e arraiais em Pedro Miguel, mas que essa tradição se começou a perder há algum tempo atrás, mas nós queremos reviver essas tradições”.
Terra Carlos, que pretende trabalhar em prol da freguesia, enalteceu as potencialidades do Porto de Pedro Miguel, dizendo que “eu e a minha equipa temos um projeto para a criação de uma zona balnear neste local, com uma piscina que atraia turistas e um cais amurável”.
Dos projectos que pretende implementar caso seja eleito presidente da Junta de Freguesia é a recuperação de muitos caminhos de saibro e asfalto, bem como a criação de um Centro de Apoio aos Idosos. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO