Comissariado dos Açores para a Infância promove formação para as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens

0
10
DR
DR

O Comissariado dos Açores para a Infância iniciou hoje uma formação sobre audição da criança, destinada aos membros das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) na modalidade restrita e a técnicos de apoio às comissões.

Esta iniciativa envolve um ciclo e cinco cursos, com a duração de 12 horas cada, e visa contribuir para a capacitação da intervenção das CPCJ, dotando os membros da modalidade restrita e os técnicos de apoio de instrumentos que lhes permitam, de forma qualificada, assegurar o cumprimento dos princípios da obrigatoriedade da informação, da audição obrigatória e da participação, previstos na Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo.

Com esta formação, pretende-se promover a crescente qualificação da intervenção das comissões, proporcionando-lhes uma oportunidade de aprofundar conhecimentos sobre o desenvolvimento infantil, promover capacidades de planificação e de condução de entrevista a crianças e jovens e desenvolver competências técnicas e relacionais para a audição de crianças e adolescentes.

A formação, dinamizada pela psicóloga Rute Agulhas, especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, Psicoterapia e Psicologia da Justiça e perita no Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, será realizada com recurso a plataforma digital.

Esta iniciativa do Comissariado dos Açores para a Infância decorre do trabalho desenvolvido junto das CPCJ da Região, assim como das necessidades de formação apresentadas pelas comissões.

Prevê-se abranger mais de uma centena de profissionais de várias áreas de formação, que integram todas as comissões instaladas na Região.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO