Concurso público para construção da Estrada Variante a São Roque, em Ponta Delgada, foi lançado

0
37

O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, lançou hoje o concurso público para a construção da Variante à Estrada Regional n.º 1-1.ª, em São Roque, com a publicação em Jornal Oficial do anúncio de abertura de concurso.

 

Para a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, foi assim dado “mais um passo seguro para a sua plena concretização”, num investimento que ascende a cerca de 900 mil euros e um prazo de execução de 180 dias.

 

Esta manhã, no âmbito da visita do Governo a S. Miguel,  foi apresentado o projeto da empreitada, através da qual “o Governo dos Açores criará uma alternativa viária à atual estrada regional, que atravessa a zona urbana da freguesia de São Roque, conseguindo promover a solução de dois tipos de constrangimento atualmente existentes: por um lado, os constrangimentos ao nível da circulação pedonal, devido à inexistência de passeios, e, por outro, a falta de lugares de estacionamento para moradores e frequentadores de estabelecimentos localizados nessa zona”, afirmou Ana Cunha.

 

O projeto prevê a construção de uma variante com cerca de 450 metros de extensão, a norte do troço da atual estrada regional, entre a Rua das Maricas e a zona do Ilhéu de São Roque, integrando a construção duma rotunda junto à Escola Básica e Jardim de Infância de São Roque, que induzirá a redução de velocidade na zona e permitirá que a circulação rodoviária seja feita com fluidez.

 

Esta variante terá uma faixa de rodagem de sete metros de largura, com circulação nos dois sentidos, ladeada por passeios de largura variável, e terá arborização para assegurar a adequada integração paisagística, bem como iluminação pública.

 

Na área sobrante, a poente, será construído um parque de estacionamento, onde serão disponibilizados cerca de 40 lugares de apoio, quer à escola, quer aos moradores.

 

No lado oposto vai manter-se o estacionamento e a paragem de autocarro, estando prevista a criação de uma baia de estacionamento na extremidade nascente da variante.

 

“Com a execução desta obra, o Governo dos Açores cumprirá mais um compromisso assumido ao nível da melhoria das acessibilidades no troço da via urbana em Ponta Delgada, assegurando, ao mesmo tempo, a promoção da mobilidade suave e a requalificação urbanística”, frisou a titular da pasta das Obras Públicas.

 

Hoje foi também apresentado o projeto de requalificação do troço sul da mesma Estrada Regional, que será executado após a conclusão da empreitada da Variante e que se desenvolverá numa extensão de cerca de 400 metros, entre a Rua das Maricas e a zona do Ilhéu de São Roque.

 

Esta requalificação do troço sul irá contemplar a construção de passeios nos dois lados da via, recorrendo a materiais endógenos, bem como a construção de uma ciclovia, e irá “permitir que a circulação rodoviária se faça apenas num sentido, ou seja, na direção Ponta Delgada – Lagoa, cabendo à variante assegurar a circulação nos dois sentidos”, adiantou Ana Cunha.

 

O investimento, de cerca de 200 mil euros, será executado por administração direta, pela Direção Regional das Obras Públicas, criando condições de mobilidade pedonal, ciclável e rodoviária numa das vias com maior circulação dos Açores.

 

“Estas intervenções fazem parte do que nos move: trabalhar para melhorar a qualidade de vida dos Açorianos. Passamos boa parte do tempo em deslocações, de carro ou de transportes públicos pelos mais variados motivos e também a pé. Podemos e devemos fazer com que essas deslocações se façam na maior segurança e conforto possível”, disse a Secretária Regional.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO