Covid-19: Açores têm perto de 100 turistas e metade deve sair “nos próximos dias”

0
93
DR
O Governo dos Açores indicou hoje que, em época de covid-19, estão ainda na região cerca de 100 turistas não residentes, metade referentes a “estadias prolongadas” e outra metade referente a pessoas que “provavelmente sairão nos próximos dias”.
Dos “cerca de 100 turistas não residentes” que estarão na região, avançou a secretária regional com a tutela do Turismo, metade diz respeito a “estadias prolongadas” e a outra metade a “outras situações em trânsito” de pessoas que “provavelmente sairão nos próximos dias” dos Açores.

“Não se pode falar em atividade económica nesta Páscoa”, prosseguiu a governante com a tutela do Turismo, Marta Guerreiro, falando em sede de comissão parlamentar, em reunião tida por videoconferência.

O Governo dos Açores determinou, ainda em março, que o período de confinamento obrigatório de quem chega à região seria feito em unidades hoteleiras, “independentemente da residência” das pessoas.

Neste momento, apenas a TAP efetua ainda voos entre o continente e os Açores (São Miguel e Terceira).

No que refere a comparativos económicos no campo do Turismo entre 2019 e o presente ano, nomeadamente nas semanas mais recentes, Marta Guerreiro diz não ser ainda possível “quantificar as perdas”, já que os dados em análise dizem respeito a fevereiro, ainda “imunes a este contexto” da covid-19.

“Em fevereiro estávamos a crescer 19% nos principais indicadores, nomeadamente dormidas, face ao que tínhamos no ano anterior”, assinalou a secretária regional.

A Autoridade de Saúde dos Açores informou hoje que foi diagnosticado um novo caso positivo de covid-19 no arquipélago, na ilha Graciosa, elevando para 72 o número total de infetados na região.

As ilhas das Flores, Corvo e Santa Maria não registam até à data nenhum caso.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 1,4 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 80 mil.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO