COVID-19: Assembleia Legislativa aprova proposta do CDS para aquisição de 250 mil testes rápidos de antigénio

0
25
DR/CDS
DR/CDS

Foi aprovada por unanimidade nesta terça-feira uma iniciativa do Grupo Parlamentar do CDS-PP/Açores que recomenda ao Governo Regional a aquisição de duzentos e cinquenta mil Testes Rápidos de Antigénio, os quais permitem a deteção rápida de casos de COVID-19, podendo assim constituir uma ferramenta decisiva para conter a propagação do vírus.

 De acordo com a deputada Catarina Cabeceiras, “no combate à pandemia, é necessário promover os meios necessários à efetivação da testagem de antigénio. Tratam-se de testes de proximidade cujos resultados são conhecidos entre 15 a 30 minutos após a sua realização, permitindo uma rápida identificação de indivíduos infetados, o que auxilia a gestão e monitorização regular dos grupos de alto risco, como profissionais de saúde e utentes de lares da terceira idade”.

 A deputada do CDS-PP defendeu que “esta iniciativa é coerente com o que tem sido a posição do CDS-PP quanto à testagem em massa”, recordando que, em abril de 2020, este Grupo Parlamentar havia apresentado uma iniciativa que recomendava ao Governo Regional a priorização da realização de testes de despistagem da COVID-19 no universo dos utentes dos lares de idosos existentes na Região, bem como nos casos de novas admissões, nos casos em que os utentes transitam dos cuidados hospitalares, assim como a todos os profissionais em funções naquelas instituições.

Observando que “a iniciativa do CDS-PP para aquisição de 250 mil Testes Rápidos de Antigénio vem também em linha com o que tem sido a estratégia do atual Governo Regional em testar de forma mais massiva, do que são exemplo a operação em Rabo de Peixe, ou na escola de Vila Franca do Campo, ou ainda mais recentemente no a testagem na ilha do Corvo”, Catarina Cabeceiras considerou “fundamental acelerar a fase de diagnóstico, nomeadamente a realização de testes e obtenção dos respetivos resultados, especialmente nesta fase”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO