COVID-19: LUÍS SILVEIRA ACOMPANHA, DE PERTO, O EVOLUIR DA SITUAÇÃO

0
15
DR

O Presidente do Município, enquanto responsável pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, e numa altura em que está ativo o Plano Municipal de Proteção Civil, na sequência do estado de alerta em vigor na Região, tem vindo a acompanhar, de perto, o evoluir da atual situação relacionada com o coronavírus Covid-19, com a  realização de contatos diários com a tutela, nomeadamente a Autoridade de Saúde, assim como tem mantido reuniões diárias com as várias chefias do Município, por forma a ir analisando a situação e tomando as medidas tidas por adequadas.

 

Tendo em consideração as decisões da Reunião do Conselho de Estado desta quarta-feira, e uma vez que já se encontra confirmado um caso positivo de Covid-19 em São Jorge, assim como se encontram em quarentena um considerável número de pessoas, com eventuais probabilidades de mais casos poderem vir a ser validados como positivos, o Autarca reuniu com a Comissão Restrita do Serviço Municipal de Proteção Civil, onde foram trocadas impressões e decidido tomar novas medidas tendo por base o novo paradigma.

 

Falando em conferência de imprensa, Luís Silveira fez exatamente o ponto de situação, tendo em conta as medidas já tomadas no Concelho, recordando que, numa 1ª fase, foram encerrados alguns Serviços Municipais, nomeadamente nas áreas da Cultura, Desporto e Lazer. Já numa 2ª fase foi suspenso o atendimento presencial, que passou a ser realizado via online e por telefone, assim como decretada a restrição aos horários de funcionamento do comércio local. 

 

No âmbito do novo paradigma, o Município de Velas, além de todas as medidas já tomadas, irá assegurar os serviços mínimos, nomeadamente no abastecimento de água à população, na recolha de resíduos sólidos urbanos, na limpeza urbana e na manutenção do Canil Municipal.

 

O autarca salientou que o Serviço Municipal de Proteção Civil tem, em prontidão, preparadas três infraestruturas, com capacidade de alojamento em quarentena para 200 pessoas, infraestruturas estas dotadas de instalações sanitárias e condições para serviço de refeição.

O Presidente do Município fez saber ainda que, o Serviço Municipal de Proteção Civil, em articulação com a Autoridade de Saúde e PSP, intercetou, no aeroporto de São Jorge, um cidadão estrangeiro, de dupla nacionalidade (Francesa e Portuguesa), tendo este seguido para o período de quarentena obrigatório, encontrando-se numa unidade de alojamento na ilha.

 

Luís Silveira lembra que, enquanto responsável máximo pela Proteção civil Municipal, continua a acompanhar, em permanência, a evolução da epidemia do coronavírus Covid-19, apelando a todos os cidadãos que adotem um comportamento responsável e sereno, seguindo todas as recomendações da Direção Geral de Saúde e da Direção Regional Saúde.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO