GPPS satisfeito com implementação automática da tarifa social de eletricidade

0
9
DR

DR

Após uma audição da Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, na Comissão de Economia, o Grupo Parlamentar do Partido Socialista (GPPS), congratulou-se com a implementação automática da tarifa social de electricidade.
André Rodrigues mostrou-se ainda satisfeito com o pagamento dos retroativos, no valor de 1,3 milhões de euros às famílias açorianas

À saída de uma audição da Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, na Comissão de Economia, o deputado do PS Açores na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, André Rodrigues afirmou que, “o Grupo Parlamentar do PS/Açores congratula-se com o facto de já estar em vigor a atribuição automática da tarifa social de fornecimento de energia elétrica aos beneficiários dos Açores”.
O deputado manifestou-se ainda satisfeito com o facto de já terem sido pagos os retroativos, no valor de 1,3 milhões de euros.
“Ficamos a saber que, desde setembro, as famílias açorianas mais vulneráveis economicamente já receberam este apoio social, uma medida que permite aumentar o rendimento disponível dos açorianos”.
Segundo o socialista, nesta audição foi confirmada que existem, “pelo menos 11 mil famílias a beneficiar deste desconto automático de 33% na sua fatura de eletricidade”.
O deputado recordou a este respeito, que “a atribuição automática deste benefício implicou todo um processo de articulação de sistemas, de celebração de protocolos entre diversas entidades – Autoridade Tributária, Segurança Social, Comissão Nacional de Proteção de Dados, entre outras – e, acima de tudo, a salvaguarda da proteção de dados dos utentes”.
André Rodrigues vincou ainda, que “houve a necessidade de acautelar o cumprimento rigoroso da lei e dos direitos dos açorianos, num processo que se revelou exigente, mas que já está em pleno funcionamento”.
Para o deputado “esta medida enquadra-se no programa apresentado pelo PS/Açores e votado pela maioria dos açorianos”, concluiu.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO