Crónicas de Bruxelas – O Brexit britânico visto por mim

0
22
TI
TI

Naturalmente, tenho seguido com atenção o processo de saída do Reino Unido da União Europeia e é sobre isto que irei agora escrever. Não escreverei, por enquanto, na perspetiva europeia. Há muito para dizer também sobre esse prisma, mas não é este o artigo. Aqui, agora, irei refletir sobre o que aconteceu para que os britânicos tenham optado por sair do maior mercado do mundo.
Muitos cidadãos ingleses (distingo-os propositadamente dos restantes britânicos) sempre foram críticos relativamente à União Europeia. A queda do Império ainda não está totalmente digerida, assim como a abdicação de parte da soberania, consequente à adesão à União Europeia há 47 anos. Com o desenrolar dos anos, foi crescendo uma sensação de honra e dignidade perdidas. Tive a oportunidade de falar com diversos reformados britânicos e, muitas vezes, relativamente a este assunto, ouvi expressões como “estão a tirar-nos o orgulho”, “empurraram-nos demasiado” e “queremos recuperar o controlo”. Não era apenas na publicidade pró-Brexit que se ouvia isto.


Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO