Deputados do PS/Açores visitam “navio de investigação de águas profundas” da Greenpeace que está atracado no Porto da Horta

0
30
DR

“Foi uma enorme honra estar a bordo do mítico navio da Greenpeace e escutar o testemunho destes verdadeiros ‘Guerreiros do Ambiente’ cuja saga é lendária em todo o mundo e já há muitas décadas e aproveitamos para disponibilizar a nossa colaboração e manifestar a nossa solidariedade”, afirmou Francisco César, Presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores.

Alguns deputados do PS/Açores visitaram o “Esperanza”, um dos três navios da frota da Greenpeace, que está atracado no Porto da Horta para dar “um sinal claro de apoio à corajosa e destemida luta da Greenpeace em prol da preservação do ambiente marinho e da defesa da sustentabilidade ambiental do nosso Planeta”.

Francisco César garantiu aos responsáveis da organização com quem reuniu, esta sexta-feira ao início da tarde, que “nos Açores o Partido Socialista continuará a fazer a sua parte na defesa e na preservação da causa ambiental, porque nenhum partido tem um património político na área do ambiente mais relevante do que o do PS”.

“Numa altura em que o Japão recomeçou a caça às baleias, os Açores afirmam-se, segundo vários especialistas internacionais, como um exemplo mundial de proteção de Cetáceos, sendo já considerados um verdadeiro santuário mundial de observação de baleias e golfinhos, reconhecidamente um dos melhores locais do mundo para essas atividades”, salientou.

Francisco César teve ainda “a oportunidade de esclarecer os responsáveis da Greenpeace que os Açores têm 25% do seu território terrestre em áreas protegidas e que após a próxima alteração ao Parque Marinho dos Açores teremos 40% do nosso território marítimo também em regime de área protegida”.

Os temas das alterações climáticas e da monitorização do mar profundo, também foram abordados no encontro: “A minha geração é a primeira a sentir inequivocamente os efeitos das Alterações climáticas e pode ser a última a ter a oportunidade de inverter um caminho que nos deve preocupar a todos”.

“Afirmamos ao Greenpeace que a nossa cultura política é diferente da dos outros partidos e que o ambiente é uma bandeira do PS, é uma preocupação transversal a tudo o que fazemos na governação. Naturalmente que referimos que o PS tem uma lealdade com a nossa Região, com o nosso País e com a União Europeia, mas também temos plena consciência que temos a obrigação de sermos leais ao nosso Planeta e à própria Humanidade, o que implica saudar e abraçar as grandes causas ambientais globais tal como as defendidas pela Greenpeace”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO