Desafios de lideranças

0
29
TI

Escrevo esta crónica ainda em choque após se ter confirmado que o PSD/Açores não apresenta nenhum candidato às Europeias. É uma situação inédita no PSD, em que Rui Rio mostra não estar à altura de um Partido que, defendendo as Autonomias, compreende a sua relevância para o desenvolvimento do País, fomentando-a. Faltou, ainda, estratégia para evitar um desfecho que era previsível. O processo de indicação de um representante Açoriano em lugar elegível foi muito mal conduzido desde o início, mais discutido através dos meios de comunicação social do que nos órgãos internos do Partido. Ficámo-nos por uma mediania que se pagará muito caro e que agora exige medidas drásticas.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO