Dragões a cinco Títulos das Águias

0
17

Dos últimos 11 Campeonatos disputados o FC Porto conquistou 9, enquanto o SL Benfica apenas 2. O declínio da “Águia” inicia-se em 1994/95 quando o Presidente Manuel Damásio opta por rescindir com Toni que tinha acabado de levar o SLB à conquista do seu trigésimo Título de Campeão Nacional e avança para a contratação de Artur Jorge. Foram 10 épocas de jejum para os lados da Luz, que só voltaria a conquistar o Título Nacional na época de 2004/05, com a “velha raposa” Giovanni Trapattoni. Após esse título, o SL Benfica só o volta a conquistar na época de 2009/10, a primeira da era “Jesus” que no entanto já vai na 4.ª época aos comandos do Clube da 2.ª Circular. É um facto que após o Título “encarnado” da época de 2004/05, em 8 possíveis, até à presente época, os Dragões conquistaram 7 Títulos de Campeões Nacionais e que desde 1994/95 até à presente época, o FC Porto conquista 14 Títulos de Campeão Nacional

Perante a frieza destes números não deixa de ser curioso o facto do técnico portista Vitor Pereira, longe de reunir o consenso da maioria dos adeptos/simpatizantes portistas, consegue conquistar dois títulos que pareciam perdidos para o eterno rival SLB, e que tudo indica deve abandonar o comando técnico do FC Porto. Por outro lado tudo parece bem encaminhado para a continuidade de Jorge Jesus no comando do SLB, apesar de ter deixado escapar pela sua prepotência e altivez dois títulos para a vitrina do clube da Invicta.

Três foram as épocas em que tivemos Campeão invicto:

1972/73 – SL Benfica comandado por Jimmy Hagan tendo como adjunto Fernando Cabrita, em 30 jogos disputados (28V 2E 0D);

2010/11 – FC Porto liderado por André Villas-Boas tendo como adjuntos Vitor Pereira e Pedro Emanuel, em 30 jogos disputados (27V 3E 0D);

2012/13 – FC Porto orientado por Vitor Pereira tendo como adjuntos Paulinho Santos e Rui Quinta, em 30 jogos disputados (24V 6E 0D).

Entretanto, existe um facto estatístico que convém ser divulgado e salientado, até porque, alguns o desconhecem e os que conhecem não sabem a quem pertence, nem quando ocorreu, refiro-me à época 1977/78 em que o SLB, orientado por John Mortimore, terminou o campeonato sem derrotas, mas ficou na 2.ª posição (vice-campeão), em 30 jogos disputados (21V 9E 0D). O FC Porto orientado por José Maria Pedroto, tendo como adjunto António Morais sagrou-se Campeão (22V 7E 1D), a única derrota ocorreu à 2.ª jornada na deslocação à Amoreira, perdendo por 2-0 frente ao Estoril Praia. Nesta época nos confrontos directos entre Dragões e Águias, na 1.ª volta na Luz registou-se um empate sem golos, já na 2.ª volta nas Antas nova igualdade desta feita a duas bolas. Curiosamente o Presidente dos “Azuis” era Américo Sá e o dirigente para o futebol sénior do FC Porto era Jorge Nuno Pinto da Costa.

 

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO