EDITORIAL

0
6
DR/TI
DR/TI

O anúncio público de que a candidatura de Carlos Ferreira à Câmara Municipal da Horta irá acontecer no contexto de uma coligação que envolve, para além do PSD, o CDS-PP e o PPM, foi feito no passado dia 21 de maio, numa das salas do edifício da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores (ALRAA).
Depressa o Partido Socialista condenou essa utilização de um espaço da ALRAA para uma iniciativa partidária, considerando-a “indevida” e “uma atitude lamentável e algo inédita em 45 de anos de Autonomia”.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO