Editorial | Edição de 28 de março de 2024

0
18
DR
DR

O encerramento da agência na Horta da Açoreana de Seguros é mais um exemplo de como rapidamente perdemos importância quando ficamos nas mãos de empresas ou fundos globais. Uma agência aberta em todas as cidades e ilhas dos Açores tinha uma elevada relevância numa Açoreana regional, sedeada nos Açores e para servir os açorianos. Numa Açoreana já há muito engolida por outros grupos de seguros, as ilhas passam a números e a rácios que a nossa pequenez condena à insi-gnificância.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!