Eleições Europeias 2019: Andreia Vasconcelos quer ser a voz dos agricultores açorianos na Europa

0
23

Andreia Vasconcelos, candidata do CDS/Açores ao Parlamento Europeu, reuniu, esta segunda-feira, com a Associação de Jovens Agricultores Terceirenses (AJAT), onde se inteirou dos desafios da agricultura na Região, do estado do setor do leite e da execução do POSEI nos Açores.
A candidata democrata-cristã destacou que o CDS, na Região, “tem tido como bandeira, ao longo de todas as eleições em que participa, a nossa agricultura, que não desistimos de defender e promover”.
“A agricultura é uma preocupação que a nível regional se impõe e que a nível nacional e europeu deve estar na ordem do dia. Virmos a esta Associação, serviu para auscultar os jovens agricultores e perceber quais as dificuldades da nossa agricultura e da nossa lavoura. Queremos encontrar soluções para os nossos agricultores. Queremos fazer parte da solução”, afirmou.
Andreia Vasconcelos salientou que “a nossa agricultura tem passado por algumas dificuldades” e que “é necessário que se consiga modernizar as explorações agrícolas”. No setor do leite, referiu, “há que apostar nos produtos transformados”. Quanto aos fundos comunitários, “queremos o reforço do POSEI. É uma preocupação dos nossos agricultores”.
Outra das preocupações da candidata do CDS/Açores, Andreia Vasconcelos, tem a ver com os transportes.
“Precisamos que os nossos transportes marítimos, aéreos e terrestres estejam sincronizados e tenham em atenção o tempo que os nossos produtos precisam para ser exportados. É necessário que a nossa produção agrícola seja eficazmente escoada e disponibilizada atempadamente nos mercados”, referiu.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO