Eleições Europeias 2019 – Candidatos do CDS visitam Universidade dos Açores

0
30
DR-CDS-PP

Os candidatos do CDS ao Parlamento Europeu, Andreia Vasconcelos, candidata pela Região, e Pedro Mota Soares, estiveram ontem em São Miguel, em visita à Universidade dos Açores.

No final da visita à Universidade dos Açores, Andreia Vasconcelos realçou que a sua candidatura tem como objetivo “ser a voz das novas gerações na Europa” e que os Açorianos “têm direito a um sistema de ensino que lhes garanta oportunidades de futuro e seja adequado às especificidades dos Açores”.

Segundo a candidata regional do CDS, Andreia Vasconcelos, a educação é uma prioridade, sendo que “não é possível pensar no desenvolvimento da Região, sem refletir sobre o futuro deste setor”.

“É condição para o nosso desenvolvimento económico que a educação constitua um objetivo prioritário e que a União Europeia continue a apoiar a formação e a capacitação dos nossos jovens”, referiu, lamentando, no entanto, que nos Açores, “a taxa de desemprego jovem continue a ultrapassar o dobro da média comunitária e os baixos níveis de qualificação e o abandono escolar precoce continuem a ser um desafio sem solução”.

Pedro Mota Soares, candidato do CDS ao Parlamento Europeu, alertou para a baixa execução dos fundos da UE no mar, questionando o facto de, ao fim de dois anos do quadro comunitário, ainda só termos gasto 17% das verbas a que temos direito do Programa Operacional Mar 2020. Neste sentido, Pedro Mota Soares, referiu que o CDS tem alertado para a importância da boa utilização dos fundos da União Europeia.

Para os democratas-cristãos, a agricultura é também motivo de preocupação, sendo, por isso, necessário “proteger os nossos agricultores contra as crises do mercado, ajudá-los a investir na modernização das suas explorações e garantir que a nossa produção agrícola seja eficazmente escoada e disponibilizada atempadamente nos mercados”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO