Esquema anunciado pelo Governo para a SATA é apenas um “truque contabilístico”

0
26

O esquema anunciado pelo Governo Regional para a SATA é um truque contabilístico para salvar a face a todas as partes: o Governo Regional mantém a versão de que haverá uma devolução de 73ME dos aumentos de capital realizados e a Comissão Europeia mantém a versão de que houve ajudas ilegais.

Os 73 ME que a SATA vai devolver ao Governo Regional serão compensados por uma alegada dívida da Região à SATA, no valor de 52 ME, identificada por uma alegada auditoria, desconhecendo-se por quem ou quando foi realizada, e pela compensação de perdas decorrentes da pandemia que será autorizada pela Comissão Europeia.

É necessária maior transparência nas contas da SATA, o que – como há muito defende o Bloco de Esquerda – só pode ser garantido por uma auditoria realizada por uma entidade independente e pública, nomeadamente o Tribunal de Contas.

O Bloco de Esquerda enviou hoje um requerimento ao Governo Regional a solicitar cópia da auditoria referida pelo secretário regional das Finanças.

O Bloco considera que o mais importante, agora, é salvar a empresa, criando condições para que possa ultrapassar esta crise que afeta de forma brutal o setor da aviação e que, tudo indica, irá prolongar-se ainda por um longo período de tempo. É fundamental que a SATA tenha condições para prestar o serviço público essencial nas ligações inter-ilhas, entre a região e o continente, e para a diáspora.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO