Exposição de arte sacra da igreja de São Francisco

0
32
blank

Por: José Luís Neto

Na quadra festiva que deixamos, foi aberta ao público a aludida exposição, na sala polivalente da Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça, comissariada por Tiago Silva e desenhada por Tomás de Melo, que ficará patente até abril de 2021. Em boa hora foi promovida a mostra, parceria entre a Biblioteca e a Santa Casa da Misericórdia da Horta, esta última, fiel depositária de um tão impressivo acervo patrimonial, que permite recontar a história dos franciscanos na ilha, história essa as mais das vezes esquecida, mas que, devido a esta feliz iniciativa, recordada e colocada ao usufruto dos faialenses, bem como dos alguns poucos que, nestes tempos difíceis, ainda nos visitam. Em época de todos os confinamentos, físicos e psicológicos, é de elementar justiça salientar e congratular os organizadores da iniciativa, corajosa, que procura defender e valorizar o património cultural endógeno, mormente através de um acervo que possui a capacidade mágica de religar ao restante mundo, quebrando, pelo conhecimento, as fronteiras insulares que agrilhoam. E em tempos de medo, que melhor que sob os auspícios de um dos santos que por excelência, encarna o ideal da esperança? E em época em que as viagens reais estão desaconselhadas, porque não aceitar a variação de o fazer pelos tempos pretéritos e partir em viagens introspetivas, fortalecendo-nos com o saber?

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO