“Saúde em 4 patas” – Mitos e verdades sobre os animais de estimação

0
6

Ao longo das conversas com clientes e população em geral é possível identificar que existem alguns mitos muito enraizados sobre os nossos animais de estimação. Alguns deles foram protegidos pela ciência até serem desvendados, outros apenas circularam empiricamente pelas pessoas tornando-se verdades quase inquestionáveis.

 

Hoje pretendo aqui desvendar alguns desses mitos e esclarecer-vos sobre o que realmente é verdade e o que não é.

 

1) As fêmeas devem ter crias e amamentar antes de serem esterilizadas? Mito!

Está comprovado que quanto mais cedo for realizada a esterilização melhor para o animal, sendo recomendada inclusive, antes do primeiro cio, cerca dos seis meses de idade. A esterilização serve não só, para impedir a reprodução como a longo prazo previne infeções uterinas e tumores mamários de origem hormonal, proporcionando um aumento na esperança média de vida da fêmea.

 

2) Depois de esterilizados os animais engordam? Verdade!

Na maioria dos casos, tanto em machos como fêmeas, existe uma grande tendência para o aumento de peso, não só porque o apetite aumenta como também porque se tornam mais calmos e caseiros, embora haja exceções.

 

3) Os machos

esterilizados ficam

efeminados? Mito!

Continuam a ser machos sem dúvida mas deixam de ter tanto interesse pelas fêmeas. Alguns machos, no entanto, podem adotar a posição agachada como as fêmeas para urinar e no caso das fêmeas o inverso, levantando a pata traseira.

 

4) Comer ervas faz bem? Mito!

Muitos acreditam que o hábito dos animais comerem ervas é saudável, especialmente no caso dos gatos, que serve para libertar as bolas de pêlo. Na verdade os animais comem ervas porque se sentem indispostos ou apenas porque gostam. As ervas irritam a mucosa gástrica podendo provocar vómitos e gastrites severas. No caso dos gatos o preferível é optar por dar-lhe um malte regularmente (pasta ou biscoitos que ajudam na libertação das bolas de pêlo).

 

5) As doenças dos animais podem afectar-nos?

Verdade!

Existem algumas doenças denominadas zoonoses que podem contagiar o ser humano. Um caso comum são os parasitas, que podem infestar-nos, especialmente às crianças. Manter os animais vacinados e corretamente desparasitados é um passo fundamental para evitar estas ocorrências.

 

6) Dar da nossa comida aos animais faz bem? Mito!

Talvez um dos mitos mais comuns e com mais danos colaterais para os animais. Tanto o cão com o gato são carnívoros, não são omnívoros como nós, o que significa que, ao contrário da nossa espécie, para eles monotonia alimentar é sinónimo de saúde. Opte por uma ração de boa qualidade, adequada à espécie, peso e idade do seu melhor amigo e considere-o bem nutrido.

 

7) Os animais preferem a nossa comida à ração? Verdade!

Sem dúvida, os nossos animais comem pelo cheiro e não pelo sabor, a nossa comida tem um odor mais intenso, mas é inapropriada. Lembre-se que um pouco de temperos para si é um exagero para o seu animal, podendo levar a problemas de saúde.

 

8) A obesidade pode

provocar diabetes e

outras doenças? Verdade!

A obesidade, tal como no nosso caso, pode despoletar doenças como a diabetes, problemas cardíacos, hepáticos e ósseos, entre outros.

 

9) Dar leite de vaca aos animais faz bem? Mito!

Os cachorros e gatinhos só devem beber leite materno ou então adequado à sua espécie. Quando é realizado o desmame e passam a comer ração não necessitam de mais leite. O leite de vaca é totalmente distinto do leite de cão e gato, muitos inclusive são intolerantes a este.

 

10) A doença SIDA Felina pode contagiar-nos?

Mito!

A SIDA Felina, embora seja semelhante à nossa só pode ser transmitida entre gatos, maioritariamente através de confrontos físicos com troca de sangue.

 

11) Dar fruta aos nossos animais faz bem? Mito!

Tal como referido anteriormente os cães e gatos são carnívoros, não necessitam de frutas nem legumes, alguns até, como o caso das uvas, citrinos, cebola, entre outros têm efeitos nocivos para a saúde deles.

 

12) Variar a ração (sabor, marca) faz bem? Mito!

Os animais devem comer sempre a mesma ração, desde que seja de boa qualidade e adequada a cada caso.

 

 

Médica Veterinária

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO