Fadista Mariza volta ser distinguida com prémio da revista Songlines

0
11

A fadista portuguesa Mariza venceu o prémio de melhor álbum europeu da revista britânica Songlines, com o mais recente disco, homónimo, lançado em 2018, revelou hoje aquela publicação.

Mariza estava nomeada para o prémio de “Melhor Álbum Europeu” ao lado da cantora Mercedes Peón, dos Dreamers’ Circus e do músico Sam Sweeney.
A cantora portuguesa está também nomeada para a categoria de “Melhor Artista”, prémio que arrecadou em 2016. O vencedor de 2019 deste prémio só será conhecido no outono.

“Mariza” é o sétimo álbum de estúdio da cantora portuguesa, foi produzido poe Javier Limón e conta com composições de nomes como Jorge Fernando, Mário Pacheco, Matias Damásio, Heber Marques e Carolina Deslandes.
O disco esteve nomeado para os Grammy Latinos 2018 e integrou a lista dos melhores do ano para a revista Songlines, que agora o distingue.
Sobre o álbum, a revista escreveu que com o tema “Trigueirinha”, Mariza “coloca de lado quaisquer preconceitos de que o fado é sempre melancólico” e fez ainda referência à “transparência e delicadeza da produção [do espanhol] Javier Limón”.
Mariza terminou esta semana uma digressão por mais de uma dezena de palcos nos Estados Unidos e Canadá, prosseguindo este mês a apresentação do novo álbum no Brasil. O ano terminará com um concerto a 07 de dezembro na Altice Arena, em Lisboa.
Mariza, que nasceu em 1973, estreou-se discograficamente em 2001, com “Fado em Mim”, produzido por Jorge Fernando e que inclui o tema “Ó Gente da Minha Terra”, um dos mais conhecidos do repertório dela.
No ano passado, foi distinguida com o Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura.
Os prémios de música da revista Songlines, que vão na 11.ª edição, pretendem “celebrar a extraordinária quantidade de talento musical ao redor do mundo”.
São atribuídos prémios em nove categorias: Quatro prémios globais – “Artista”, “Grupo” “Estreia” e “Percurso Mundial” – e cinco para álbuns de fusão, da Europa, Ásia & Pacífico, Américas e África & Médio Oriente.
Os quatro prémios globais da Songlines serão apenas anunciados numa cerimónia no outono.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO