FINALMENTE…

0
5

 Segunda-feira do Espírito Santo, comemora-se, praticamente, em todas as ilhas dos Açores.

É um dia de doação, solidariedade e, sobretudo, de partilha. Este gesto em memória da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade, cala fundo no coração de todos os açorianos, em qualquer parte do Mundo, onde se encontrem.

Talvez, por isso, resolveu o Governo Açoriano, institui-lo como dia da Região.

E, então, aproveita para distinguir, com diversas condecorações, muitos os Açorianos, alguns ainda vivos e outros a título póstumo.

Este ano, as comemorações realizaram-se na pequena ilha do Corvo.

A invasão de governantes, deputados, autarcas, convidados, foi de tal ordem que quase ultrapassava os nativos da ilha.

Foi uma festa para jamais esquecerem.

Depois dos discursos, seguiram-se as condecorações.

Foi um role imenso, tocando diversas entidades e pessoas dos mais díspares quadrantes.

Assistimos a este ato, através da RTP Açores, e verificamos que finalmente foram reconhecidos os que se debateram pela autodeterminação dos Açores, e que ao tempo, lhes havia custado o exílio.

Também, constatamos, que ainda continua a separação, “Estado/Igreja”, porque o curriculum de alguns, não referenciava a sua importância ao serviço da igreja, onde tiveram um papel importante, como oradores natos e destaque na hierarquia. E foi pena, porque esquecer o passado só empobrece o futuro.

Que o Espírito Santo a todos ilumine e continue a aquecer o coração dos Açorianos.

Haja Saúde.

S.M.

Pico,24 Maio 2010

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO