Furacão Lorenzo. PS escondeu a verdade do que fez o Grupo de Trabalho sobre os estragos

0
13

O deputado do PSD/Açores Bruno Belo reiterou hoje que o relatório elaborado pelo PS “esconde a verdade” sobre o que desenvolveu o grupo de trabalho sobre o Furacão Lorenzo.

“Não houve clareza”, afirmou o social democrata, recordando que a intempérie que atingiu os Açores nos dias 1 e 2 do passado mês de outubro “deixou em várias ilhas um rasto de destruição com fortes impactos a nível social e económico”.

A dimensão dos acontecimentos e as suas consequências “exigiram uma grande união das pessoas e da generalidade dos agentes políticos, económicos e sociais. Exigia-se, por isso, outra postura do partido que suporta o governo, que não aconteceu”, lamentou.

“Estivemos perante uma fraude política. Em vésperas de eleições escondeu-se a informação, e isso é uma fraude política”, afirmou.

“Em suma, o PS elaborou um relatório partidário e parcial que, para além de não respeitar o trabalho desenvolvido pelo grupo de trabalho, não dignifica o primeiro órgão da nossa Autonomia e não serve a democracia”, disse.

Bruno Belo também realçou, como se soube ontem, que “aquilo que era uma ajuda da República destinada à recuperação dos estragos do Furacão Lorenzo, afinal não é”.

“Na verdade, o Governo dos Açores vai utilizar 198 Milhões de euros de fundos europeus para fazer face aos estragos, libertando a República desse compromisso. E com prejuízo para os Açores, pois esse valor deveria estar disponível para fazer face a outras situações”.

“Também neste particular, e para ajudar a resolver os problemas das pessoas, o PSD/Açores esteve e está sempre disponível, mas com clareza e falando a verdade”.

“Da mesma forma que não pudemos aprovar um relatório que teve apenas o propósito de constituir mais um exercício partidário em tempo eleitoral, também condenamos esta forma enganadora de fazer política que o PS e o governo utilizam”, concluiu.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO