“Governo comprometido com desenvolvimento do Faial e da cidade da Horta”, assevera José Manuel Bolieiro

0
23
José Manuel Bolieiro e Carlos Ferreira

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, reiterou hoje o desígnio do Governo de promover o desenvolvimento da ilha do Faial e da cidade da Horta, nomeadamente através da disponibilidade já demonstrada para cofinanciar, com o Governo da República, um projeto de estudo sobre a ampliação da pista do aeroporto.

“Ficou bem patente, para além da saudação democrática, este compromisso de entendimento entre o Governo e o município”, declarou José Manuel Bolieiro, falando no Palácio de Sant’Ana após ter recebido, numa audiência de cumprimentos, o novo Presidente da Câmara Municipal da Horta, Carlos Ferreira.

“É nosso entendimento que a ilha do Faial é fundamental no quadro das acessibilidades e da dimensão atlântica que tem a sua história”, acrescentou o Presidente do Governo, sinalizando que “não é por acaso” que a Horta é conhecida como a cidade do Mar e o Faial como a ilha azul.

O assumir da responsabilidade da Região financiar até 40% o estudo sobre a pista do aeroporto, que avalie “com realismo” a sua operabilidade, havia já sido transmitido em outubro ao Ministério das Infraestruturas e da Habitação.

O Aeroporto da Horta, recorde-se, está concessionado à ANA/VINCI, mas o XIII Governo Regional dos Açores, “ao contrário da prática anterior”, está disponível para “cooperar” no sentido em que “das palavras se passem aos atos”.

“Nada melhor que estudar com rigor o potencial da operabilidade do Aeroporto da Horta”, prossegui José Manuel Bolieiro.

No que refere à segunda fase da variante à cidade da Horta, foi reafirmado pelo Presidente do Governo o objetivo de “fazer corresponder”, com cofinanciamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), os anseios da população local, sendo este um projeto “muito importante para o desenvolvimento da ilha”, a sua economia e a própria segurança na circulação rodoviária.

“Há aqui uma relação de total cooperação, lealdade e transparência entre o Governo e o município da Horta”, concretizou José Manuel Bolieiro.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO