Governo cria Estagiar+ para integrar jovens desempregados com o 12.º ano ou habilitação inferior

0
19
blank
estagiar+

Foi anunciado pelo Governo dos Açores um novo programa Estagiar+ para acelerar a integração no mercado de trabalho dos jovens com habilitação igual ou inferior ao 12.º ano de escolaridade e inscritos no Centro de Qualificação e Emprego.

Segundo a Secretária Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, o Estagiar + é um “significativo impulso” na resposta aos jovens
com baixas qualificações e vulnerabilidades sociais, escolares e profissionais, onde se incluem os jovens NEET, que não estudam, não trabalham nem frequentam formação.

O apoio a atribuir a cada jovem é equivalente ao salário mínimo regional, sendo que cada estagiário fica abrangido pelo regime de Segurança Social (SS). Às entidades que promovam formação certificada dos jovens, durante o estágio, é atribuído um apoio. Maria João Carreiro diz que este novo programa garantirá uma “maior universalidade” da medida ESTAGIAR, que inclui os programas Estagiar L, T e U, “já que agora está acessível a todos os jovens, independentemente do nível de qualificação, em particular aos jovens NEET”.
Além da criação do Estagiar+, foram introduzidas melhorias no Estagiar L e T, entre as quais a garantia de proteção social dos estagiários e a discriminação positiva dos jovens que fazem o Estagiar T, que passam a auferir 105% do salário mínimo regional, reconhecendo e valorizando, assim, o percurso formativo dos jovens.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura