Governo dificulta ação do Grupo de Trabalho que avalia estragos do Furacão Lorenzo

0
16
DR

O deputado do PSD/Açores Bruno Belo acusou hoje o Governo Regional de estar “a dificultar um acompanhamento adequado – ao grupo criado para o efeito – sobre o trabalho da tutela relativamente aos estragos do Furacão Lorenzo.

Segundo o parlamentar eleito pelas Flores, “foi solicitado ao executivo um conjunto de documentos – no dia 17 de fevereiro – que até hoje não foram entregues aos deputados que constituem o Grupo de Trabalho”, explica.

“Desses documentos fazem parte, por exemplo, os relatórios dos levantamentos feitos pelo Governo referentes aos prejuízos nas infraestruturas portuárias e ao apoio portuário”, adianta.

Bruno Belo lembra que o levantamento inicial dos estragos, anunciado pelo presidente do governo 12 dias depois da passagem do Furacão Lorenzo, “apontava um total de 330 milhões de euros. Ora se já estavam concluídos todos os levantamentos, não se entende que não sejam disponibilizados agora”, argumenta.

Também segundo o social democrata, “os relatórios feitos pelos municípios, e entregues ao governo, também já estão concluídos. Mas igualmente não nos foram entregues”, reforça.

Na reunião realizada esta segunda de manhã, “para aprovar diligências, o PS avançou que prefere que sejam ouvidos os membros do governo sobre toda a situação, em detrimento de serem ouvidos os empresários das Flores, bem como a associação agrícola local, como queriam os restantes partidos”, diz ainda o deputado.

A concluir, Bruno Belo refere que “o PS também não quer que os deputados saibam o real valor da despesa que já está alocada ao Orçamento da Região, assim como toda a despesa que já foi paga”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO