Governo disponível para ser parte do processo de diferenciação e valorização do leite dos Açores, afirma Vasco Cordeiro

0
14
DR

O Presidente do Governo garantiu hoje que o Executivo açoriano está “pronto e disponível” para ser parte do processo de diferenciação e de valorização do leite dos Açores, com o objetivo de assegurar um cada vez maior rendimento de toda esta fileira na Região.

“Se o nosso leite é de pastagem, porque não trabalharmos todos – e o Centro Açoriano de Leite e Laticínios é uma boa oportunidade para isso – para diferenciar e valorizar o leite de pastagem dos Açores”, afirmou Vasco Cordeiro, que falava no lançamento de um novo produto da UNILEITE – União das Cooperativas Agrícolas de Lacticínios da Ilha de São Miguel.

Segundo o Presidente do Governo, o Executivo açoriano está, assim, pronto e disponível para ser parte deste processo de valorização do leite produzido na Região, o qual não pode ser apenas um “exercício estéril de classificação”, já que deve ter repercussões económicas para toda a fileira e para o rendimento dos agricultores.

Falando no lançamento do novo produto ‘Leite de Pastagem’, que decorreu em Ponta Delgada, Vasco Cordeiro sublinhou, por outro lado, que os Açores não devem ter “receio de se baterem com os melhores” num conjunto de matérias que se colocam no domínio dos mercados e da sociedade, caso da qualidade e dos benefícios do leite, das questões ambientais e do bem-estar animal.

“Se se coloca a questão quanto à qualidade do leite, podemos e devemos, como já temos feito, valorizar a boa matéria-prima que é produzida na Região”, afirmou o Presidente do Governo, ao adiantar que, ao nível ambiental, “devemos também valorizar aquela que é a nossa mais-valia neste domínio, atribuindo-lhe também um valor económico”.

“Se se colocam questões do ponto de vista do bem-estar animal, os Açores têm condições para colocar este aspeto em cima da mesa e valorizar economicamente o que aqui fazemos nesta matéria”, preconizou o Presidente do Governo.

Depois de salientar a necessidade de se “fazer sempre mais” ao nível da diferenciação, Vasco Cordeiro garantiu que os Açores têm, assim, todas as condições para valorizar mais os seus produtos, com reflexos em termos do rendimento dos agricultores.

O Presidente do Governo deixou ainda uma palavra de enaltecimento à UNILEITE pela inovação que tem apresentado nos produtos, à semelhança do que já se verifica com outras indústrias transformadoras da Região.

“A multiplicação desse exemplo num conjunto de outros produtos e de outras áreas é o rumo certo para a valorização dos produtos e deste setor tão importante da nossa economia”, afirmou Vasco Cordeiro.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO