Governo dos Açores assinala início da construção do quartel dos Bombeiros do Faial

0
22
DR/GACS
DR/GACS

A Secretária Regional da Saúde destacou hoje, no lançamento da primeira pedra da sede da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Faial, que o Governo dos Açores está a desenvolver um processo de renovação dos quartéis em todo o arquipélago, que vai garantir “máxima operacionalidade e sustentabilidade”.

O novo quartel, cuja construção se deverá iniciar no próximo mês, vai permitir, de acordo com Teresa Machado Luciano, “reforçar a eficácia operacional e o grau de prontidão” do Corpo de Bombeiros do Faial, constituído por cerca de 60 elementos, bem como satisfazer um novo quadro de valências e exigências.

A empreitada está orçada em cerca de três milhões de euros e propõe um conjunto de soluções destinadas a proporcionar “instalações condignas e, sobretudo, eficientes”, frisou a titular da pasta da Proteção Civil, num quartel “verdadeiramente operacional, seguro e sustentável”.

A governante destacou que o novo quartel se irá situar numa zona com melhores acessos, permitindo elevar o grau de prontidão dos meios de emergência, e enquadra-se numa nova tipologia de construção que suprime áreas funcionais consideradas não prioritárias e reduz os custos associados à exploração das instalações e preservação do património.

A Secretária Regional da Saúde salientou ainda que o Governo dos Açores tem vindo a melhorar as condições de trabalho dos 17 corpos de bombeiros da Região, apontando os investimentos realizados em “infraestruturas e equipamentos e na formação destes profissionais”.

Referindo a ampliação dos quartéis de Santa Maria, de Santa Cruz das Flores e das Lajes do Pico, já concluída, a construção do novo quartel da Povoação, em curso, e a construção do novo quartel do Faial, hoje assinalada, Teresa Machado Luciano sublinhou que o Executivo Açoriano está a dar cumprimento aos seus compromissos.

O Governo dos Açores reforçou recentemente a comparticipação do transporte terrestre de doentes em ambulância em 17%, lembrou ainda a governante, concretizando assim o terceiro aumento consecutivo da comparticipação por este serviço, após acréscimos de 10% em 2018 e em 2019.

No que diz respeito à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Faial, o Governo dos Açores prestou um apoio, em 2019, de 315 mil euros, referiu Teresa Machado Luciano, nomeadamente para transporte de doentes, despesas com viaturas e combustíveis, formação de bombeiros e aquisição de fardamento e equipamento.

O atual quartel dos Bombeiros Voluntários do Faial data de 1929 e foi ampliado em 1987, acolhendo agora cerca de 60 operacionais, que responderam, em 2019, a 2.500 ocorrências.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO