Governo dos Açores associa-se ao evento “Astúrias, Capital Mundial da Poesia”

0
82
DR/GACS
DR/GACS

A Secretaria Regional do Mar e das Pescas, participa, no domingo, no evento “Astúrias, Capital Mundial da Poesia”, iniciativa promovida pelo Principado das Astúrias e que visa a promoção da poesia relacionada com a temática do mar.

Para o Secretário Regional do Mar e das Pescas, Manuel São João, “este projeto está intimamente ligado ao mar e conta com o apoio e reconhecimento das marinhas portuguesa e espanhola”.

Segundo o governante, a iniciativa engloba “funções sociais e educativas, sendo estas engrandecidas em períodos semelhantes àqueles que todo o mundo está a viver, nos quais é necessária perseverança e meios alternativos de aproximar populações, em especial as crianças e jovens que estão sujeitos a confinamento”.

O evento é organizado por Graciano Garcia, jornalista espanhol e diretor emérito vitalício da Fundação Princesa das Astúrias, que se congratulou com a participação da Região Autónoma dos Açores.

“Portugal e Espanha são países irmãos, sendo os Açores uma ‘ponte’ histórica nas rotas da bacia Ibero-americana”, salienta o responsável.

A atividade de leitura e divulgação de poesia, amplamente ligada ao mar e à sua cultura, faz parte do projeto “Marinheiros da Esperança”, coordenado pelo serviço de Pediatria do Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, com colaboração de diversas pediatrias de hospitais portugueses, espanhóis e italianos e que conta com a tutela da Marinha Portuguesa.

Entre as pediatrias portuguesas que colaboram com o projeto, incluem-se a Pediatria do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, e a do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, em Angra do Heroísmo.

No âmbito das Comemorações dos 500 Anos da Primeira Circum-navegação da Humanidade, foi editado um livro trilingue que narra a grande expedição iniciada por Fernão de Magalhães, concluída por Juan Sebastián Elcano e descrita por António de Pigafetta.

O livro “Marinheiros da Esperança, na rota de Magalhães e Elcano”, ilustrado por crianças internadas em hospitais dos três países, tem prefácios dos três Almirantes-Chefes do Estado-Maior de Portugal, Espanha e Itália.

Todos os Açorianos estão convidados a participarem na iniciativa, com vista à promoção dos Açores e do seu mar.

Desta forma, contrariando as adversidades, respeitando o distanciamento social e com a perseverança necessários para o bem comum, os participantes devem enviar a gravação de um vídeo que será divulgado no âmbito da iniciativa, através do endereço https://fb.me/e/10jlQbwal.

Os interessados deverão recitar um poema da autoria de um poeta açoriano – iniciando a gravação com a frase “Açores e Astúrias, Um Mar de Poesia” – e enviá-lo para [email protected].

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO