Governo dos Açores continua a assegurar o transporte de bens essenciais por via aérea para o Corvo

0
9

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional de Coesão, tendo em conta que, devido ao estado do mar, não tem sido possível efetuar o abastecimento por via marítima, tem assegurado o transporte por via área para o Corvo de farinha, fruta, legumes, entre outros bens essenciais, em função das informações que empresários e entidades da ilha têm transmitido.

Esta quarta-feira foram transportados para o Corvo, por via aérea, 10 sacos de farinha com 25 quilos cada, para assegurar o fabrico de pão, sendo que, na quarta-feira da semana passada, tinha sido transportada idêntica quantidade.

Desde o início desta semana, a Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas tem vindo a acompanhar o evoluir do estado do tempo e das previsões para os próximos dias, sendo que a melhoria das condições é essencial para que se concretize a viagem do navio ‘Lusitânia’, que carregou mercadoria no Porto da Horta com destino ao Corvo.

Esta viagem ainda não se realizou porque o Porto da Casa, no Corvo, foi encerrado à navegação pela Capitania do Porto de Santa Cruz das Flores devido às condições do tempo, principalmente do estado do mar.

Da mesma forma, o Porto de Santa Cruz das Flores está atualmente encerrado à navegação.

A Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, através da Direção Regional dos Transportes e do Fundo Regional de Coesão, continua a acompanhar a situação e, caso seja necessário, acionará os meios possíveis para garantir que não exista rutura de bens essenciais na ilha do Corvo.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO