Governo dos Açores entrega ambulância de socorro aos Bombeiros da Graciosa

0
9
DR/GACS
DR/GACS

A Secretária Regional da Saúde entregou uma nova ambulância de socorro ao Corpo de Bombeiros da Graciosa, tendo em vista melhorar a prestação de cuidados à população desta ilha em caso de acidente ou doença súbita, bem como quatro aparelhos respiratórios isolantes de circuito aberto (ARICA) e um nebulizador.

Teresa Machado Luciano, que falava em Santa Cruz da Graciosa, salientou que “a melhoria das condições de trabalho e o reforço da preparação dos cerca de 900 bombeiros da Região têm sido uma prioridade para este Governo”, à luz da evolução das necessidades da população e da própria tecnologia.

A titular da pasta da Proteção Civil destacou a estreita cooperação entre o Governo dos Açores e a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Graciosa, que se traduziu em apoios de cerca de 189 mil euros em 2019.

O Executivo tem procurado “aprofundar a cultura de proteção civil na Região”, sendo os bombeiros a “face mais visível e próxima da população”, afirmou a Secretária Regional, evocando o 40.º aniversário do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, no âmbito do qual foi reeditado o livro ‘Proteção Civil em Casa’, já distribuído por mais de 98 mil residências do arquipélago.

A ambulância hoje entregue insere-se no investimento de 1,5 milhões de euros realizado pelo Executivo para renovação da frota dos 17 corpos de bombeiros da Região, através da aquisição de 30 viaturas, tendo já sido distribuídas 29 ambulâncias a 16 associações humanitárias.

Os novos ARICA, que facilitam a intervenção em ambientes com atmosferas contaminadas ou com deficiente concentração de oxigénio, são mais modernos e leves e têm autonomia de 35 minutos.

O nebulizador destina-se, por sua vez, à desinfeção e à descontaminação das superfícies de ambulâncias.

O Governo adquiriu 100 ARICA e 17 nebulizadores, no valor global de 134 mil euros, que se encontram a ser distribuídos por todos os corpos de bombeiros da Região, de acordo com as suas necessidades e a dimensão da população que servem.

Teresa Machado Luciano lembrou ainda que a atividade de transporte de doentes tem vindo a crescer, acompanhando a prestação de cuidados nas Unidades de Saúde de Ilha e nos Hospitais, pelo que se procedeu este ano ao terceiro aumento consecutivo da comparticipação destes serviços, desta feita em 17%, após acréscimos de 10% em 2018 e em 2019.

A Secretária Regional destacou ainda que o Governo garantiu um aumento de 13,5%, este ano na remuneração dos cerca de 300 bombeiros assalariados da Região, assegurando ainda novo acréscimo em 2021.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO