Governo Regional cria zona de lazer, desporto e convívio entre as praias das Milícias e do Pópulo, em S. Miguel

0
10
DR

O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, está a realizar obras na Mata do Café, localizada entre as praias das Milícias e do Pópulo, em Ponta Delgada, para requalificar este espaço com quase 8 mil metros quadrados e instalar várias valências.

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas visitou hoje as obras em curso, tendo afirmado que este projeto distingue várias zonas, nomeadamente para lazer e para desporto, “reordenando e requalificando esta área, de forma a que possa ser usufruída por famílias, residentes, visitantes, na sua mais ampla aceção, e também pela comunidade, uma vez que é habitual algumas festas da freguesia terem lugar aqui”.

Ana Cunha salientou que se trata de “um terreno da Região com cerca de 8 mil metros quadrados, que estava, de alguma forma, negligenciado”, acrescentando que foi decidida a requalificação daquela área “no âmbito daqueles que são os objetivos mais latos do Programa do Governo dos Açores, de requalificação de diversos espaços adjacentes às estradas regionais”.

A titular da pasta das Obras Públicas referiu que esta “é uma área que se insere numa zona entre duas praias, portanto, bastante frequentada no verão e no inverno também”.

“É perto de várias zonas residenciais e, nesse sentido, propusemos, por administração direta, com os recursos das Obras Públicas, requalificar este espaço”, acrescentou.

A empreitada, levada a cabo diretamente pelas Obras Públicas, representa um investimento superior a 75 mil euros, que, segundo Ana Cunha, “à partida, estará concluído antes do verão, pronto a ser utilizado nessa época”.

Através desta intervenção serão requalificados os muros existentes, criados percursos pedonais, zonas de descanso sob a copa das árvores e instalados equipamentos lúdicos, destinados a diversas faixas etárias, nomeadamente um recinto de jogos multiusos, uma zona com equipamentos de circuito de manutenção e outra com equipamentos dedicados às crianças.

Será ainda criado um parque de estacionamento para apoio, com cerca de 30 lugares, recorrendo à utilização de materiais endógenos e permeáveis.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO