Grupo de Salvamento em Grande Ângulo da AHBVF intervém nas operações “em alturas”

0
42
blank
grupo salvamento grande ângulo AHBVF

Mariana Rovoredo

Recentemente, o sistema de sinalização noturna de obstáculos localizado no topo do Morro de Castelo Branco foi danificado por uma descarga elétrica. Foi já substituído por uma série de luminárias (faróis) sinalizadoras alimentadas por painéis solares.

Esta operação contou com a colaboração do Grupo de Salvamento em Grande Ângulo (GSGA), um dos grupos especiais da Associação Huma-nitária dos Bombeiros Voluntários do Faial (AHBVF). O GSGA é um grupo de salvamento com uma área de intervenção especifica, orientada para operações de busca e salvamento em locais de difícil acesso, nos quais sejam necessárias técnicas em corda/cabo. Nuno Henriques, comandante da AHBVF, explica ao Tribuna das Ilhas que este grupo intervém em tudo o que se trate de salvamentos em alturas e requeira suspensão de técnicos, nomeadamente em estruturas, arribas, falésias, bem como em quotas abaixo de zero, em poços, por exemplo.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura