Herbicidas e saúde pública: Temos uma visão de curto prazo ou de longo

0
13
DR
DR

As atividades humanas colocam diariamente agentes poluentes e cancerígenos em ação junto das populações. Está demonstrado que esta ação continuada e somada, ao fim de uns anos, tem o seu efeito.

Com a aplicação de herbicidas de síntese química nas vias públicas, temos mais uns contributos para o número de cancros nos Açores aumentar nas próximas décadas.
À frente, as despesas serão superiores com os tratamentos de oncologia e a perda de qualidade de vida. O estado social assumirá as despesas e os nossos impostos continuarão a não ser suficientes para corresponder às expetativas e ambições da sociedade democrática.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura