Iniciativa Liberal Açores indica Cabeças de Lista por São Miguel e Terceira

0
18

Nuno Barata será cabeça de lista pelo círculo de São Miguel e José Luís Parreira pelo círculo da Terceira

A Iniciativa Liberal vai concorrer às Eleições Regionais de Outubro próximo nos Açores,
com listas em vários círculos de Ilha e no Círculo Regional de Compensação.
Nuno Barata, gestor portuário de profissão, será o cabeça de lista pelo círculo eleitoral
de São Miguel e também pelo círculo de compensação, enquanto José Luís Parreira,
estudante de Engenharia Aeroespacial, encabeçará a Lista pelo círculo da Terceira e será
número dois da lista no círculo de compensação
O partido Iniciativa Liberal apresenta-se às Eleições Regionais dos Açores com a
motivação de libertar os Açorianos da asfixia de 24 anos de poder monopartidário e das
políticas estatistas que têm condenado os Açores aos piores lugares nos rankings
europeus da pobreza, do desemprego, do rendimento médio das famílias, da educação
e da assistência na Doença.
Não é com socialismo que se gera prosperidade, mas sim libertando a política, a
economia e a sociedade, e limitando o poder político à suas funções legítimas. Os Açores
e os Açorianos nunca gozarão os benefícios de uma sociedade livre enquanto persistir
um sistema dirigista e de proteção a interesses instalados.

Por isso, a Iniciativa Liberal afirma:

• Vamos libertar os Açores deste estado de “dependentes da vontade arbitrária
de terceiros” no acesso a serviços públicos de primeira necessidade.
Acreditamos que com mais concorrência e mais autonomia para as escolas,
hospitais, energia, transportes, comunicações e empreendedorismo, os cidadãos
poderão escolher livremente o melhor para si.
• Vamos libertar os Açores e os Açorianos de serem contribuintes forçados de
projetos megalómanos, pensados por poucos e sem garantias de serem a melhor
solução.
• Vamos libertar os Açores e os Açorianos de serem “proprietários” de empresas
públicas monopolistas que não têm qualquer incentivo a operar melhor e servir
melhor a população. Podemos adotar outras soluções nos transportes aéreos e
marítimos. Por exemplo, implementar livre concorrência, com empresas
privadas a competirem nas rotas mais lucrativas, ou a concorrerem pela
concessão das rotas menos lucrativas e onde importa garantir o serviço público.
• Vamos libertar os Açores e os Açorianos, apresentando alternativas àquelas que
têm sido as propostas do socialismo. Todos temos o dever cívico de ler, pensar e
tentar compreender as alternativas que existem, para não acreditar em
preconceitos e mitos. Muitas das medidas socialistas acabam por promover fins
que não faziam parte da intenção original e até mesmo o seu contrário.
Estas são as linhas orientadoras do que pretendemos demonstrar nos próximos meses,
afirmando uma alternativa aos 24 anos de socialismo nos Açores. É esta a nossa
motivação.
Mas também queremos libertar os Açores e os Açorianos de uma oposição inexistente
e que não se diferencia, que apenas propõe mais do mesmo, o que só pode ter o
resultado que já todos conhecemos.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO