Investigar em Educação Matemática: Diálogos e Conjunções numa Perspetiva Interdisciplinar

0
10

No passado dia 9 de junho pelas 18 horas, no Anfiteatro B da Universidade dos Açores, em Ponta Delgada, decorreu a sessão de lançamento do livro Investigar em Educação Matemática: Diálogos e Conjunções numa Perspetiva Interdisciplinar, da Editora Letras Lavadas, que contou com a coordenação de Ana Paula Garrão, Margarida Raposo Dias e Ricardo Cunha Teixeira. A apresentação da obra ficou a cargo de Isabel Marques Ribeiro, do Departamento de Matemática da Universidade dos Açores, e de Susana Mira Leal, do Departamento de Ciências da Educação da mesma instituição. 

Como se pode ler na sua contracapa, “este livro reúne um conjunto de textos acerca de temáticas ligadas à Matemática e ao Ensino, numa perspetiva interdisciplinar, abrangendo áreas como a Informática, a Estatística, a Astronomia, a Psicologia e as Ciências da Educação. A sua leitura proporciona uma reflexão sobre as características específicas do ensino da Matemática, desde o pré-escolar até ao ensino secundário, evidenciando a sua articulação com outros saberes. Com um leque de reconhecidos autores das mais diversas áreas científicas, Investigar em Educação Matemática: Diálogos e Conjunções numa Perspetiva Interdisciplinar constitui uma mais-valia no percurso de formação de educadores de infância, professores do 1.º ciclo e professores de Matemática dos ensinos básico e secundário”.

A publicação deste livro, com ISBN 978-989-735-076-4, conta com o apoio da Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, através da medida enquadrada no PRO-SCIENTIA, Eixo 3 – Qualificar, Ação 3.3. – “Incentivar a produção, formação e divulgação científica especializada”, prevista na alínea c do nº 2 do artigo 25º do Decreto-Regulamentar nº 17/2012/A, de 4 de julho (Apoio à publicação de edições científicas).

Por ser um dos coordenadores deste livro, testemunhei em primeira mão todo o percurso que conduziu à sua publicação. Partilho, de seguida, com o leitor os principais marcos desta caminhada. 

Entre 25 de fevereiro e 19 de maio de 2012, organizei com as colegas que comigo coordenam o livro, Ana Paula Garrão e Margarida Raposo Dias, um ciclo de 10 seminários no âmbito da Primeira Edição do Mestrado em Matemática para Professores, curso oferecido pelo Departamento de Matemática da Universidade dos Açores. Os seminários decorreram sextas ao final da tarde ou sábados de manhã, tendo acolhido o interesse de colegas de diferentes níveis de ensino, para além de alunos da Universidade dos Açores. 

Dado o sucesso deste evento, surgiu, naturalmente, a ideia de publicar um livro baseado nas comunicações proferidas nos diferentes seminários. Entretanto, outros autores foram juntando o seu contributo ao dos oradores do ciclo de seminários que tiveram disponibilidade em participar no projeto. Neste livro, contámos com colegas de diferentes unidades orgânicas da Universidade dos Açores, nomeadamente do Departamento de Matemática, do Departamento de Ciências da Educação e do Departamento de Ciências Agrárias, bem como de outras universidades e centros de investigação do País. A todos os autores e à Editora Letras Lavadas agradecemos a forma empenhada com que colaboraram nesta iniciativa.

O caminho que conduziu à publicação do livro traduziu-se em altos e baixos, que resultaram em momentos de partilha de alegrias e tristezas com as colegas que comigo coordenaram a obra. Contudo, o resultado final é merecedor de todo o esforço e dedicação a este projeto! 

Desde o início, a conceção do ciclo de seminários, que culminou com a publicação deste livro, teve um objetivo muito claro: perspetivar o ensino da Matemática de forma integrada, quer no que diz respeito ao importante fio condutor entre os diferentes níveis de ensino, como também às conexões que se podem estabelecer com outras áreas curriculares e que enriquecem a aprendizagem do aluno. É precisamente por este motivo que o livro se encontra organizado em duas partes: “Cruzar fronteiras: A Investigação em Educação Matemática e as Conexões com Outras Áreas” e “Trilhar percursos: Temas de Matemática do Pré-Escolar ao Ensino Secundário”.

No prefácio do livro, da autoria de Isabel Marques Ribeiro, pode ler-se: “A obra apresentada denota uma clara preocupação em assentar a investigação em Educação Matemática em dois pilares fundamentais: a valorização das pontes de ligação com outras áreas do currículo e a importância de se estabelecer um fio condutor coeso ao longo de todo o percurso escolar dos jovens estudantes. Este enquadramento, transversal às diferentes áreas e aos vários níveis de ensino, confere ao ensino da Matemática um carácter multidimensional, impulsionador de uma aprendizagem com significado.”

A verdade é que os resultados médios dos alunos portugueses (e, em particular, dos alunos açorianos) a Matemática, em avaliações nacionais e internacionais, impõem um investimento claro na investigação em Educação Matemática, quer a nível nacional como regional. Estamos convictos que o livro Investigar em Educação Matemática: Diálogos e Conjunções numa Perspetiva Interdis-ciplinar é um contributo muito claro nesse sentido, por ser uma iniciativa inovadora na Região e por incluir contributos relevantes no âmbito da Educação Matemática.

Fazemos votos que esta obra constitua a base de uma nova etapa na forma como se perspetiva o ensino da Matemática nos Açores, enquadrando-o de forma transversal às diferentes áreas e aos vários níveis de ensino. Entendemos também que a Universidade dos Açores pode desempenhar um papel fundamental no âmbito da formação de professores, promovendo um enquadramento entre os vários níveis de ensino e o estabelecimento de um fio condutor coeso, do Pré-Escolar ao Ensino Secundário, com enfoque claro na superação das dificuldades a Matemática sentidas no terreno e na melhoria consistente dos resultados dos nossos alunos. 

A este propósito e no âmbito do Plano Integrado de Promoção do Sucesso Escolar – ProSucesso, promovido pela Secretaria Regional da Educação e Cultura do Governo dos Açores, decorrerão, ao longo do próximo ano letivo e em cooperação com a Universidade dos Açores, ações de formação que envolverão representantes das diferentes unidades orgânicas do 1º e 2º ciclos do ensino básico da Região, de modo a que, com passos consistentes, se possa inverter os atuais resultados regionais a Matemática, que são limitadores da escolha de uma profissão porventura mais profícua.

 

Departamento de Matemática da Universidade dos Açores, [email protected]

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO