Investimento de 1,2 M€ em ressonância magnética 3T alarga oferta de exames qualidade e conforto dos utentes do HDES

0
13

O Governo Regional vai investir cerca de 1,2 milhões de euros (M€) num equipamento de ressonância magnética 3T para o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, EPER. A decisão reflete a aposta na mais recente e avançada tecnologia de diagnóstico, em prol dos utentes do Serviço Regional de Saúde.

Dotado de tecnologia de ponta, o novo equipamento vai permitir, de acordo com a Secretária Regional da Saúde, Teresa Machado Luciano, “aumentar a qualidade da imagem e, deste modo, a precisão do diagnóstico e, consequentemente, a eficácia do tratamento”. Exames mais rápidos e silenciosos, túnel mais largo e cama maior reforçarão o conforto dos utentes.

O valor do investimento neste equipamento, que alargará a oferta de exames, cifra-se em 1.256.747 euros.

O procedimento de aquisição e instalação deste equipamento de ressonância magnética 3T sucede a concurso público, lançado em dezembro de 2018, no qual a Siemens Healthcare ficou melhor classificada.

A resolução foi aprovada em Conselho do Governo Regional, realizado em Ponta Delgada, em 11 de outubro de 2019, e publicada hoje, em Jornal Oficial.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO