Já são 140 os amigos dos Parques Naturais

0
14

Faz no próximo dia 26 de março um ano desde que foi lançado o cartão “Amigo dos Parques” (CAP) de âmbito regional, uma vez que todas as ilhas do arquipélago têm parques desta natureza.

À passagem do primeiro aniversário o Tribuna das Ilhas falou com Andrea Porteiro, presidente do conselho de administração da Azorina, para fazer um balanço do período para este projeto que pretende desde o dia um contribuir para a missão dos Parque Naturais dos Açores, com a participação ativa e integrada nas ações e campanhas de conservação do património natural.

De uma forma geral o cartão está a sair relativamente bem disse Andrea Porteiro. Na região já se alcançou um total de 140 cartões emitidos, com maior preponderância aos da tipologia individual, secundados dos cartões para famílias. A ilha do Pico é aquela com maior número de cartões emitidos até ao momento, notando-se divergências na quantidade de cartões pedidos por ilhas consoante a dimensão destas e das contrapartidas que os Parques Naturais locais têm para oferecer.

Mesmo considerando os objetivos iniciais foram alcançados a geóloga entende que perante o valor acrescentado inerente ao cartão existe potencial para crescer durante o segundo ano.

Importa a Porteiro que a população veja o projeto não apenas como uma possibilidade de adquirir descontos mas como de se tornar parceiro, ou seja ser amigo do Parque Natural, que as pessoas conheçam os seus parques, saibam da importância que têm e ajudem à manutenção.

A adesão permite desta forma visitar durante o período de um ano o parque da ilha de residência gratuitamente e os restantes do arquipélago a um preço mais reduzido, além dos descontos nos variados produtos e serviços oferecidos por este conglomerado de Parques Naturais.

O que é o cartão Amigo dos Parques?

O cartão Amigo dos Parques” é destinado a todos os residentes na região autónoma dos Açores. Os aderentes contam com entradas a custo zero nos Centros Ambientais integrado no Parque Natural da ilha em que residem; 50% de desconto nas entradas dos restantes Parques Naturais do arquipélago; 50% de desconto no custo de subida à Montanha do Pico; 15% de desconto nas lojas e cafetarias dos Centros e eventos organizados pelos múltiplos Parques Naturais dos Açores e mais descontos e condições especiais em instituições parceiras dos Parques. Os amigos recebem ainda newsletters periódicas no seu e-mail com informações relativas a campanhas promocionais que não acumulam com os descontos do cartão, programas e eventos promovidos nos parques.

A adesão pode ser feita com o preenchimento do formulário disponíveis nas bilheteiras da rede regional de Centros Ambientais e nos Parques Naturais da ilha de São Jorge e Terceira ou no sítio webparquesnaturais.azores.gov.pt, sendo necessário apresentação de documento de identificação e comprovativo da residência.

O custo do CAP varia consoante a tipologia: os júnior e sénior, para adolescente dos 13 aos 17 anos ou adultos com mais de 64 anos, custam 2,50 euros; o individual custa 5 euros e o destinado a família (incluindo dois adultos e filhos até aos 17 anos) tem o valor de 8,50 euros. O cartão tem validade de um ano.