Lagoa cria gabinete Municipal de crise COVID-19

0
28
DR/CML
DR/CML

A Câmara Municipal de Lagoa criou um gabinete municipal de crise Covid-19. Este gabinete integra elementos do executivo camarário, o Delegado de Saúde de Lagoa, Dr. Magno Silva, um representante da Polícia de Segurança Pública (PSP), elementos da Medicina de Trabalho, nomeadamente o Dr. Mário Freitas, especialista graduado em saúde pública e Diretor Clínico da Medicina de Trabalho da Câmara Municipal de Lagoa e a equipa de Proteção Civil Municipal.

Este gabinete tem como objetivo reunir-se, quinzenalmente, para analisar as questões relacionadas com a evolução da pandemia no concelho de Lagoa e abordar estratégias de suporte que permitam mitigar a propagação do vírus. 

Para Cristina Calisto, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, o Gabinete Municipal de Crise, “permite, em conjunto, planear ações que se mostrem úteis, urgentes e necessárias para reagir rapidamente, nomeadamente nas cadeias de transmissão local. A par disto, existirá,  igualmente, uma abordagem em termos de assistência aos cidadãos infetados e em isolamento profilático, facto que embora já acontecendo na atualidade permitirá que possa ser feita de modo coordenado e partilhado com os membros deste gabinete”. 

Relembramos que, o uso de máscaras na rua é obrigatório, sempre que não seja possível manter a distância necessária entre as pessoas, e que as mesmas devem ser manuseadas corretamente e depositadas dentro de um saco fechado, no lixo indiferenciado, tal como as luvas e lenços de papel. É necessário ainda respeitar as outras normas de segurança recomendadas, como desinfetar as mãos regularmente e manter o distanciamento social em locais públicos.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO