LAGOA HASTEIA BANDEIRA AZUL NAS ZONAS BALNEARES DA CALOURA E COMPLEXO MUNICIPAL DE PISCINAS

0
4
DR

Este fim de semana, arrancou a época balnear no concelho de Lagoa, com o hastear da bandeira azul no Complexo Municipal de Piscinas de Lagoa, pelo 23.º ano consecutivo, tendo sido distinguido com o galardão de praia acessível e de “praia qualidade de ouro”, e no Porto da Caloura, pelo 20.º ano consecutivo, uma zona balnear também classificada pela Quercus como tendo “qualidade de ouro”.

Presentes no hasteamento da bandeira azul estiveram a presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, acompanhada de elementos do executivo, o Capitão Mar e Guerra da Capitania do Porto de Ponta Delgada, Diogo Vieira Branco, o representante da ANSA (Associação
de Nadadores Salvadores dos Açores) e os presidentes das Juntas de Freguesia de Água de Pau e de Nossa Senhora do Rosário.

Na ocasião, Cristina Calisto referiu que, “a distinção da bandeira azul exemplifica a qualidade das nossas zonas balneares, sendo ambas referências na ilha de São Miguel”. Aliás, nesta matéria, a edilidade lagoense tem vindo a realizar trabalhos de melhoramento nestas zonas, nomeadamente no Porto da Caloura, dotando-o de melhores condições para os banhistas, no que diz respeito a mais lugares de estacionamento, reordenamento da zona de restauração e, num espaço cedido pela Lotaçor, novos balneários e casas de banho de apoio à zona balnear.

De referir, ainda, que no âmbito do Orçamento Participativo Jovem (OPJ) foi adquirido um equipamento de recreação, nomeadamente uma plataforma flutuante com escorrega, prancha e kayaks, que serão disponibilizados aos veraneantes destas zonas balneares através de uma parceria com o Clube Náutico de Lagoa.

Outra novidade revelada são os novos pontos de Wi-Fi gratuitos que estarão disponíveis em vários locais espalhados pelo concelho, como Praça de Nossa Senhora do Rosário, Porto dos Carneiros, Complexo de Piscinas Municipais, Praça de Nossa Senhora da Graça, Parque Tecnológico, Praça da República – Santa Cruz, Convento dos Franciscanos, Jardim/Polivalente de Água de Pau, zona balnear da Caloura, Praça D. Amélia (Cabouco) e zona envolvente da Igreja da Ribeira Chã.

De referir que ambas as zonas balneares são muito frequentadas durante todo o ano, quer por residentes quer por turistas. Só o Complexo de Piscinas registou mais de 5000 acessos entre outubro e maio, período durante o qual a autarquia dotou este espaço de vigilância de um nadador salvador.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO