LIVRO O DIAGRAMA DO ESCURO DE J. TAVARES LANÇADO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL TOMAZ BORBA VIEIRA

0
44

A Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira recebe, dia 22 de janeiro, pelas 18h30, o lançamento do livro de Júlio Tavares Oliveira, intitulado O Diagrama do Escuro, que coincide com o aniversário do jovem escritor lagoense, que faz 22 anos, e que define esta obra como “o primeiro livro de um novo ciclo”.

Versos Experimentados [2015]; O que não ficou por dizer [2016]; Santa Cruz: filhos e servos [2017]; Qual o teu papel senão o de resistir? [2018]; Mors-Amor [2018] e, em 2020, O diagrama do escuro, foram as seis publicações de J. Tavares, com seis anos volvidos, desde o momento em que se tornou público o seu primeiro poema.

Este último, O diagrama do escuro, contará com a apresentação do poeta e professor Urbano Bettencourt e com o prefácio do poeta Daniel Gonçalves. Esta obra trata a relação da “luz” com o seu oposto, o “escuro”, a decomposição dessa mesma relação, a sua desconstrução e o seu entendimento.

Com apenas 21 anos, o poeta lagoense já viu algumas das suas obras serem apresentadas na Lagoa, por escritores de renome, nomeadamente: Pedro Chagas Freitas, best-seller nacional, Urbano Bettencourt e Maria João Ruivo, professora e escritora. Foi prefaciado pela professora e Diretora Regional da Cultura, Susana Goulart Costa, a propósito do seu trabalho de investigação histórica para Santa Cruz, em 2018, e, agora, pelo poeta Daniel Gonçalves, inúmeras vezes premiado no campo da poesia.

Por publicar, está um outro trabalho de investigação biográfico-histórico, cujo prefácio está assinado por João Bosco Mota Amaral, acerca da vida e obra do Bispo Guerreiro, natural de Santa Cruz.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO