Livros e exposições na quinta edição do AnimaPIX

0
77
DR/MiratecArts
DR/MiratecArts

A quinta edição do AnimaPIX, festival de animação na ilha do Pico, está a acontecer durante este mês de dezembro. Devido às restrições que a pandemia veio causar aos eventos, a MiratecArts decidiu omitir as apresentações de cinema para os mais novos. Mesmo assim, a entidade organizadora avançou com uma lista de livros ilustrados em destaque na revista da associação cultural bem como com exposições e eventos com pequenos grupos, para os quais será necessário registo para participar.

Para a audiência em geral está aberto ao público, durante o mês de dezembro, no horário do expediente, a sala de exposições na Biblioteca Auditório da Madalena. Em memória do grande criador da Mafalda, Quino, falecido este ano, podem visitar uma instalação sobre esse tema. Aqui também se destaca a exposição comemorativa dos 10 anos do Concurso Internacional de Banda Desenhada “Avenida Marginal”. Esta trienal de BD, com génese na ilha do Faial, é organizada por Marco Fraga Silva.
Na revista #25 da MiratecArts, uma seleção de livros está em destaque. Além de editorial a comemorar um ano com Néveda e o livro “Néveda nos Açores”, três livros açorianos entram na lista, assim como os vencedores de prémios do ano.

“O Pistoleiro do Futuro” de Pedro Lopes, editado pela “Escorpião Azul”, foi concebido na sua totalidade pelo jovem terceirense que estuda Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. “Um Natal nos Açores, ou como o Pai Natal trocou as botas de cano por chinelos”, de Luís Rego com ilustrações de Sara Azad, foi publicado pela editora regional Letras Lavadas. E, “Açores, uma caça ao sonho americano” de Patrícia Carreiro, com ilustrações de Romeu Cruz e traduzido para inglês por Cristina Oliveira, foi publicado pela Associação dos Emigrantes Açorianos. 
 
O Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores para Melhor Livro Infanto-Juvenil 2020, “Ciclone, Diário de uma Montanha-Russa” de Inês Barahona e Miguel Fragata com ilustrações de Mariana Malhão, tem edição de Orfeu Negro, tal como o Prémio Amadora BD 2020 para Melhor Ilustrador Estrangeiro “MVSEVM” de Manuel Marsol e Javier Saez Castan. A Melhor Obra de Ilustrador Português no Amadora BD foi para “Desvio” de Ana Pessoa e Bernardo P. Carvalho. Além destes livros, AnimaPIX destaca os 10 anos da edição da Tinta da China de “As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy” de Filipe Melo, Juan Cavia e Santiago Villa. Para mais detalhes pode ver a revista online via mirateca.com assim como programação adicional. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO