‘Lixo Zero no Mar dos Açores’ – Direção Regional dos Assuntos do Mar e Clube Naval da Horta assinam protocolo

0
57
DR

DR

No âmbito do festival náutico da Semana do Mar a Direção Regional dos Assuntos do Mar assinou um protocolo com o Clube Naval da Horta (CNH), que visa implementar a iniciativa ‘Lixo Zero no Mar dos Açores’.
A iniciativa pretende sensibilizar os participantes das atividades náuticas para problemática do lixo marinho.

A Direção Regional dos Assunto do Mar e o Clube Naval da Horta, assinaram no passado domingo, na Horta, no decorrer da abertura da Semana do Mar um protocolo que visa alertar para a problemática do Lixo no Mar dos Açores.
Destinada aos participantes do maior festival náutico do país, a iniciativa ‘Lixo Zero no Mar dos Açores’ pretende sensibilizar as populações, “em especial das camadas mais jovens de utilizadores do mar”, para este problema ambiental, afirmou na ocasião o diretor regional dos Assuntos do Mar.
No entender de Filipe Porteiro é “fundamental alterar comportamentos para inverter o rumo do problema”, acrescentando neste sentido, que o Governo dos Açores pretende ser “um parceiro ativo na luta contra o flagelo global que é a proliferação de lixo no oceano”.
“Se não podemos combater o lixo marinho que nos chega de outras paragens distantes, temos a obrigação cívica de evitarmos a produção de lixo marinho por fontes endógenas”, defendeu.
Neste contexto, e ao abrigo deste protocolo, o CNH compromete-se a utilizar material reutilizável em todos os eventos sociais e atividades que organize ao longo do ano.
Entre as várias iniciativas previstas no protocolo, Filipe Porteiro destacou também a colocação de contentores apropriados para que as tripulações possam depositar o lixo produzido durante as atividades náuticas.
O diretor regional salientou que o Governo dos Açores tem trabalhado no sentido de mitigar o problema do lixo, através da implementação de sistemas de processamento de resíduos em todas as ilhas da Região, bem como através dos serviços competentes da administração regional.
“Temos levado a cabo várias campanhas de sensibilização junto das populações, em parceria com entidades públicas e privadas e Organi-zações Não-Governamentais do Ambiente, que envolvem limpezas costeiras, exposições temáticas ou a distribuição de panfletos informativos, referiu Filipe Porteiro.
A iniciativa “Lixo Zero no Mar dos Açores, lançada em 2015, enquadra-se no Plano de Ação para o Lixo Marinho nos Açores (PALMA).

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO