Luta pela eliminação da violência contra as mulheres com voto de congratulação aprovado

    0
    19
    DR/BE
    DR/BE

    O parlamento dos Açores aprovou hoje, por unanimidade, um voto de congratulação apresentado pelo Bloco de Esquerda pelo Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, uma luta que, nos Açores, tem particular importância, tendo em conta os dados preocupantes relativos à violência doméstica.

    Os Açores são a região do país com maior prevalência de violência doméstica, com 4,1 casos por mil habitantes, enquanto que a nível nacional o valor é de 2,8 por mil habitantes. “Esta matéria tem de ser, por isso, prioritária no plano de ações de qualquer governo”, assinalou Alexandra Manes.

    A deputada do Bloco de Esquerda salientou também o potencial impacto negativo do isolamento social imposto pelo combate à pandemia: “o espaço limitado, a gestão do tempo, a alteração nas rotinas e a possível fragilidade financeira são fatores que potenciam situações de violência”.

    “Prevenir e combater a violência doméstica e a desigualdade de género é tarefa de todos nós. Em qualquer altura, mas sobretudo numa época marcada pelo isolamento, não podemos subestimar esta chaga social”, acrescentou.

    No que à desigualdade de género diz respeito, o voto aprovado considera indispensável que se atente à desigualdade no trabalho, à desigualdade salarial e às condições de trabalho das mulheres nos Açores, para que a sua participação no mundo laboral seja realizada com justiça e equidade em relação aos homens.

    O voto de congratulação salienta ainda o trabalho das entidades que se dedicam a esta luta pelos direitos das mulheres, como a UMAR e a APAV, entre outras.

    O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO